Rui critica ‘políticos profissionais’: ‘depois de 2 ou 3 mandatos de deputado estão cheios de fazendas’

Foto: Reprodução / 
O governador Rui Costa (PT), em agenda em Araci nesta quinta-feira (7), disse que não está na política para ganhar dinheiro que, inclusive, sacrifica materialmente sua família com o salário líquido de pouco mais de R$ 16 mil e mirou artilharia nos “políticos profissionais”. “Realmente não sou da política deles não, não gosto da política deles, a política de quem entra e, depois de dois ou três mandatos de deputado, está cheio de fazenda, cheio de casa de praia. Eu não sou dessa política”, disse o governador em resposta a quem diz que ele não teria vocação para a política.

O petista ainda disse que abre mão de estar em outras funções, nas quais ganharia mais, e que a escolha por ser governador traz prejuízos à família. “Minha família é sacrificada em tempo e até em condições materiais porque, com a minha capacidade, sem nenhuma falsa modéstia, eu poderia estar ganhando em outro lugar muito mais do que eu ganho”, disse o governador, que revelou receber R$ 16 mil líquidos. Ele disse que não aprovou proposta para aumentar o próprio salário “porque não fui lá [ao cargo de governador] para ganhar dinheiro”.

Davi Lemos

Um comentário:

Comente esta matéria.