Câmara abre CEI para investigar possível fraude da prefeitura

Foto: Eduardo Moody
A Câmara Municipal de Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador, aprovou na terça-feira (11) a instauração de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para realizar investigação no processo de licitação para implantação da rede de esgotamento sanitário da cidade.

Ao bahia.ba, o presidente da Câmara, Agnaldo Cardoso, afirmou que as denúncias são sérias e que há indícios de irregularidades no processo, tramitado sob número 5.991/2006.

“Recebemos a denúncia que a Prefeitura de Mata de São João, ainda na gestão do prefeito João Gualberto, abriu uma concorrência pública para construção do sistema de esgotamento sanitário no município. A Empresa vencedora do certame foi a Enset Constuções Ltda, fundada em dezembro de 2005 por Francisco Elias da Silva Ribeiro, funcionário da Rede Hiperideal, e sócio de Gualberto desde dezembro de 2004, em uma empresa do ramo imobiliário aberta após as eleições”, explica.

Segundo Cardoso, a Casa vai eleger os titulares para conduzir o processo com “absoluta nitidez”.

“Cabe a nós que esse processo seja conduzido com clareza e nitidez. Se houver corrupção, vamos mostrar ao povo de Mata de São João. Todo o rito será cumprido de forma clara”, ressalta.

Na sessão, os vereadores da base do governo votaram contra o pedido de investigação, mas o requerimento acabou aprovado por maioria.

Nenhum comentário: