Itens para alimentação saudável ficam mais baratos em maio, revela IBGE

Foto: Reprodução/Pxhere
A queda de preços da gasolina que registrou deflação de 4,56% foi o principal fator para a retração do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) que alcançou apenas 0,38% em maio. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, nesta quarta-feira (10).

Com isso, itens que compõem a alimentação saudável como cenoura (-14,95%) e as frutas (-2,10%) ficaram mais baratos durante o mês passado. Apesar disso, a cebola (30,08%), a batata inglesa (16,39%) e o feijão carioca (8,66%) registraram altas de preço.
 
Em Salvador, o IPCA foi ainda menor se comparado a média nacional, ficando em -0,47%.

Nenhum comentário: