Festa característica do Nordeste, o São João é de origem europeia

Foto: Mateus Pereira/GOVBA
Milho, amendoim, fogueira, cheirinho de brasa e pólvora queimando, licor, bandeirolas, balão, chapéu de palha, camisa quadriculada… Pode falar a verdade, essas palavras ativaram um gatilho em você.

Não há como negar, o São João em 2020 é o mais diferenciado das últimas cinco décadas. Com a pandemia do novo coronavírus, as praças do interior da Bahia se assemelham a cenários de faroeste, com a presença apenas da poeira da cidade, sem música tradicional, sem a agonia das crianças.

O que faz com que as pessoas pensem no real significado do São João. Afinal, como surgiu a festa?

O São João, ou melhor, os festejos juninos foram “importados” da Europa. Lá fora, nos países europeus católicos era chamado e “joaninas” em homenagem ao santo São João.

O costume foi trazido para o Brasil no período colonial pelos portugueses e é comemorado no dia 24 de junho por ser a data informada no Evangelho de Lucas. Segundo a bíblia, João nasceu cerca de seis meses antes de Jesus. A data é uma das poucas que celebra o nascimento do homenageado ao invés de sua morte.

No Brasil, os índios que aqui habitavam tinham seus rituais importantes no mês de junho ligados à agricultura, com muita dança e comida. Com o passar dos anos, os costumes se fundiram com o ritual católico e foi criado o que conhecemos atualmente como São João no Nordeste.

A fartura celebrada pelos indígenas é uma das explicações para os costumes culinários da temporada, principalmente pelo milho. Não é à toa que a maioria das comidas típicas das festas juninas são feitas do ingrediente.

Um outro costume marcante do São João também tem origem europeia, as quadrilhas. A dança surgiu no século 17, e chegou ao Brasil no século 19, trazido pelos nobres portugueses. Com o tempo, a dança foi ganhando toques brasileiros e sendo adaptado as festas juninas.

Para não deixar a tradição passar em branco, uma adaptação foi feita por artistas e amantes da festa em 2020. Afinal: VAI TER SÃO JOÃO, SIM! Uma série de lives foi preparada por artistas do gênero do Forró e do Sertanejo para não deixar o São João sem animação.

O cantor Flávio José, a banda Cavalo de Pau e outros artistas se apresentam a partir das 17h no YouTube do São João de Campina Grande, o cantor Seu Maxixe também se apresenta às 17h. O Trio Virgulino faz o ‘Em Casa com Sesc’ a partir das 19h, Dorgival Dantas comanda o São João do Assaí a partir das 20h, a banda Limão Com Mel também se apresenta às 20h.

Nenhum comentário: