Brasil deve chegar hoje a 1 milhão de casos de coronavírus

O número de 50 mil mortos pelo novo coronavírus também deve ser alcançado neste fim de semana
Covid-19: desde o começo do mês, o país tem uma média de registros de casos diários superior a 25 mil (Eduardo Frazão/Exame)
Quase quatro meses depois do primeiro caso de infecção por coronavírus ter sido confirmado no Brasil, em 26 de fevereiro, o país deve romper a marca de 1 milhão de contaminados nesta sexta-feira, 19.

No último balanço, divulgado às 20 horas de ontem pelo consórcio de imprensa, que reúne UOL, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra, eram exatos 983.359 casos confirmados e 47.869 mortes.

Desde o começo do mês, o país tem uma média de registros de casos diários superior a 25 mil. Tudo indica também que neste fim de semana supere outra marca, a dos 50 mil óbitos.

É o segundo país com mais infecções e mortes pelo vírus SARS-CoV-2 em todo o mundo. Só está atrás dos Estados Unidos, que contabiliza 2,1 milhões de casos e mais de 117 mil mortes, segundo dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês).

A diferença é que nos Estados Unidos a velocidade de progressão da doença foi mais rápida. A marca do 1 milhão foi atingida em 28 de abril, três meses a confirmação do primeiro caso no país.

Naquele momento, cerca de 90% da população americana estava sob lockdown. Um mês depois, já com o avanço das medidas de reabertura da economia, o país passou os 2 milhões de casos confirmados. Muitas regiões do Brasil, como se sabe, estão em plena reabertura. 
 

Nenhum comentário: