Auditoria do TCE aponta falhas de transparência nas compras do governo

Foto: Mateus Pereira/ GOVBA
Auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) encontrou falhas na transparência das despesas do governo Rui Costa com a pandemia do novo coronavírus. O diagnóstico do tribunal é que o portal destinado ao detalhamento dos gastos não contém todas as contratações realizadas, a divulgação demora pra ser feita e o site não permite a gravação das informações disponibilizadas.

A fase inicial da auditoria foi concluída nesta segunda-feira (15), dois meses e meio de análise. Os auditores sugerem também alertas e determinações sobre a necessidade de avaliação dos riscos das aquisições, inclusão de garantias nos contratos e transparência das operações.

Os auditores concluíram também que o governo tem adquirido itens de uso médico e hospitalar com preços abaixo da média dos demais estados. Além disso, a auditoria percebeu também que, de março a maio de 2020, o estado registrou queda de 19,71% em relação ao mesmo período de 2019.

A auditoria será autuada e terá relator sorteado para posterior julgamento pelo Plenário do TCE. O relatório tem caráter preliminar, já que outros exames ainda estão em andamento.

Nenhum comentário: