‘Há lealdades maiores do que as pessoais’, diz Sérgio Moro após depoimento a PF

O ex-ministro entregou à PF provas exibidas a imprensa, como a conversa em WhatsApp com o presidente Bolsonaro e a deputada Carla Zambelli
Foto: Marcelo Casal Jr / Agência Brasil
Após ser chamado de Judas pelo presidente Jair Bolsonaro, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro escreveu em rede social neste domingo (3), logo após seu depoimento a Polícia Federal. “Há lealdades maiores do que as pessoais”.

O ex-ministro entregou à PF provas exibidas ao Jornal Nacional, como a conversa em WhatsApp com o presidente Jair Bolsonaro e com a deputada Carla Zambelli. Durante o depoimento, Sergio Moro foi questionado sobre as acusações de que o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir no trabalho da PF e em inquéritos relacionados a familiares. As acusações foram feitas pelo ex-ministro quando anunciou sua saída do governo, no dia 24 de abril.

O inquérito foi autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e vai investigar se as acusações de Moro são verdadeiras. Caso não sejam confirmadas as denúncias, o ex-ministro poderá responder na Justiça por denunciação caluniosa e crimes contra a honra.

Nenhum comentário: