Infraestrutura pretende divulgar edital da concessão da Fiol até o fim do ano

Ministro Tarcísio Freitas divulgou na tarde desta quarta que o TCU deu o aval para o projeto; intenção da pasta e fazer leilão no começo de 2021

Foto: Elói: Corrêia/GOVBA

O Ministério de Infraestrutura divulga até o final do ano o edital da concessão do trecho Ilhéus-Caetité da Ferrovia Oeste Leste (Fiol). A previsão foi divulgada nesta quarta-feira (11), pelo titular da pasta, Tarcisio Freitas. O ministro confirmou que o Tribunal de Contas da União liberou a oferta do ativo à iniciativa privada.

Segundo Freitas, a intenção é que o leilão ocorra no primeiro trimestre de 2021 – mais ou menos 90 dias depois de publicado o edital. O segundo trecho da ferrovia, entre Caetité e São Desidério está sendo executado pela Valec, empresa do Ministério de Infraestrutra. Já a ligação entre São Desidério e a Ferrovia Norte-Sul na altura do estado do Tocantins ainda está em projeto.

No trecho a ser licitado no próximo ano, estão previstos R$ 3,3 bilhões em investimentos privados e 65 mil empregos diretos, indiretos. A linha tem 537 quilômetros de extensão e deve ser usada principalmente para transporte de minérios. Os estudos preveem uma carga transportada de 18,4 milhões de toneladas nos primeiros anos de operação, podendo chegar a 33,8 milhões de toneladas em 2054.

Nenhum comentário: