Rodrigo Maia: “Eu não vejo nenhum tipo de crime atribuído ao presidente”

Créditos: Reprodução
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que não encontrou base legal nos quase 50 pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro enviados ao Congresso. “Destes que estão colocados, eu não vejo nenhum tipo de crime atribuído ao presidente, de forma nenhuma”. A declaração foi dada durante sua participação no programa Roda Viva, da TV Cultura, na segunda-feira 3.

Maia ainda disse que não vê motivação para um processo de impeachment contra o presidente, mesmo com a sua atuação em atos antidemocráticos.
“Não que não sejam questões graves, publicamente me manifestei em quase todos esses eventos que o presidente participou.” “Acho que o presidente comete vários erros, só que tem uma parte da sociedade que apoia o presidente também, apesar de minhas divergências com ele. Não vou ser pressionado para deferir algo que acho que não há crime”, completou.

Questionado sobre o porquê de não engavetar as propostas, ele justificou que isso tomaria o tempo do Congresso, que deve focar nas pautas sobre o coronavírus. “Estamos no meio de um processo de pandemia e qualquer decisão agora leva um recurso ao plenário e nós vamos ficar decidindo impeachment sem motivação para isso. É por isso que eu não decido.”

Por: Carta Capital

Nenhum comentário: