Prefeita Maria das Graças vira ré por irregularidades em contratos do São João

 Essa é a segunda vez que a prefeita responderá a um processo por irregularidades

Reprodução/Facebook

A prefeita da cidade de Araçás, Maria das Graças Trindade Leal, virou ré após ação de acusação do Ministério Público do Estado (MP-BA) de irregularidade em licitações e crime de responsabilidade, por ter contratado, sem licitação, atrações para os festejos de São João de 2014 e 2015. A decisão foi proferida nesta segunda-feira (31), pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Maria das Graças vai responder, outra vez, um processo pela mesma acusação de iregularidades na realização do São João. O primeiro foi realizado pelo valor de R$ 672,2 mil e o segundo por R$ 367,5 mil. Nos dois casos, o MP-BA questionou o prazo que os procedimentos tiveram, o que não teria como demonstrar se os preços a serem pagos às empresas contratadas tinham parâmetros legítimos no mercado.

Nenhum comentário: