MP pede prisão preventiva de vereador acusado de agredir filha

Foto: Reprodução Instagram
O promotor Rildo Mendes de Carvalho, do Ministério Público da Bahia (MP-BA) pediu a prisão preveituva do vereador José Alberto de Carvalho, o Zé Lambão, de Campo Formoso. Como revelado pelo bahia.ba, ele é acusado de agredir a filha e foi preso por porte ilegal de armas.

O Ministério Público da Bahia emitiu parecer solicitando a conversão de prisão em flagrante para prisão preventiva do vereador José Alberto de Carvalho, acusado de agredir a filha. O pedido de prisão preventiva foi expedido pelo promotor Rildo Mendes de Carvalho.

Segundo o promotor os crimes atribuídos ao investigado, lesão corporal e porte ilegal de arma, são “conexos”, o que justifica o pedido de prisão preventiva. “Os pressupostos da prova de existência do crime e de indícios suficientes da autoria do investigado é incontestável, haja vista os crimes que lhe são atribuídos, ou seja, violência doméstica e familiar contra a mulher e porte ilegal de arma de fogo”, reforça o promotor.

Ainda no parecer, o promotor reitera que, como representante do povo, as atitudes do vereador “em nada condizem com o carinho e consideração que a população campo-formosense tinha quando o escolheu para o cargo ao qual ocupa, sendo assim a liberdade do suposto inculpado pode fazer com que o mesmo volte a cometer as mesmas atrocidades”.

Nenhum comentário: