SP: Justiça manda soltar 130 condenados pela Lei Maria da Penha

Foto: Mateus Pereira/ GOVBA
Com o novo coronavírus (Covid-19) chegando nas prenitenciárias, a Justiça de São Paulo já determinou a libertação de pelo menos 3,1 mil presos no estado.

Desse total, cerca de 130 estavam enquadrados na Lei Maria da Penha por praticarem atos de violência doméstica contra a mulher.

Fora estes, outros 1.273 foram parar na prisão por tráfico de drogas, 608 por furto e 342 por roubo. Há ainda 103 condenados por homicídio entre os soltos e 82 por lesão corporal.

Segundo dados da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, a medida foi adotada pela Justiça visando preservar a vida dos detentos que são do grupo de risco para Covid-19.

Quase a metade dos que foram colocados em liberdade tem menos de 30 anos (1.488), mas com doenças pré-existentes que podem agravar um quadro da doença.

O sistema prisional de SP registra até agora 14 casos confirmados de Covid-19, com sete óbitos. Dois se recuperaram e cinco seguem internados; 56 suspeitos estão isolados.

Bahia.ba

Nenhum comentário: