Reforma da Previdência prejudica trabalhadoras rurais, dizem especialistas na CDH

Idade mínima de 60 anos para aposentadoria da trabalhadora rural, exigência de piso anual de contribuições previdenciárias e carência de 20 anos de contribuição foram alguns pontos da PEC 6/2019, da Reforma da Previdência, que foram criticados durante audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH). A situação das mulheres teve destaque no debate. A reportagem é de Marcela Diniz, da Rádio Senado. Ouça o áudio com mais informações.