MP-BA pede afastamento da prefeita Maria e ressarcimento de R$ 433 mil

Foto: Diulgação

O Ministério Público do Estado (MP-BA) denunciou a Prefeita de Ipiaú, Maria das Graças (PP), pela suposta prática de crimes licitatórios e pediu o ressarcimento da quantia de R$ 433 mil com recursos próprios. De acordo com o documento do MP enviado ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), a administração da gestora cometeu os crimes, ao contratar de maneira irregular a empresa CS Engenharia e Topografia, sem licitação, mesmo tendo no quadro do Município, 3 (três) engenheiros civis (ver ação penal). A prefeitura ainda não se pronunciou sobre o caso.

Ainda, segundo o Promotor José Jorge, “além de executado sem planejamento, ainda foi remunerado, quase sempre sem medições idôneas. Nos poucos casos em que foram realizadas, isso se deu com base em declarações de representante do extraneus e acatadas pela Administração, que sequer cuidou de fiscalizá-las”.

Na denúncia, assinada pela procuradora-geral adjunta para assuntos jurídicos, Wanda Figueiredo, e pelo promotor convocado, José Jorge Meirelles, o MP pede afastamento temporário da gestora até que o processo seja julgado e a sentença proferida. A denúncia criminal é fruto da representação movida pelos Vereadores Erivaldo Carlos (Pery), Alessandro Moreira, Simone Coutinho, Edson Marques, Lucas de Jesus e Emerson Oliveira.
Por: Giro Ipiaú

Nenhum comentário: