A TARDE/Potencial Pesquisa: atual prefeita de Ipiaú tem preferência do eleitor

        A TARDE/Potencial Pesquisa: atual prefeita de Ipiaú tem preferência do eleitor/Foto: Câmara Municipal de Ipiaú/Diulgação

A Candidata a reeleição, a prefeita de Ipiaú, Maria das Graças (PP), lidera a corrida eleitoral no município, com 52% das intenções de voto, seguida por Alipinho (MDB), com 22%, e Deraldino (DEM), com 12%, de acordo com pesquisa A TARDE/Potencial.
Juntos, Carlos da Link´s (Cidadania), Liliane dos Sem Teto (PSOL), Sub Oficial Gilvan Barbosa (PSC), Val da Glut (PTC) e Washington Martins (PSB) não somaram 1% das intenções de voto. Os indecisos são 9% e a soma de brancos e nulos é 3%, enquanto 1% não quis responder.
Registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BA-00728/2020, a pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 17 de outubro. Foram 800 entrevistas presenciais, das quais 695 na sede e 105 nos distritos.

Na espontânea, quando não são mencionados os nomes dos postulantes, as intenções de voto dos três candidatos são praticamente iguais ao cenário estimulado. A prefeita tem 50%, contra 20% do emedebista e 11% do democrata. Esse é um sinal da consolidação do voto no eleitorado, segundo o estatístico e especialista em marketing eleitoral Zeca Martins, diretor da Potencial Pesquisa. "Isso normalmente começa a acontecer quando o voto está bem cristalizado, termos a a espontânea muito próxima da estimulada", afirma.

Além da liderança, outros fatores favoráveis à reeleição da prefeita, enumera Martins, são a baixa rejeição da gestora medida no levantamento, sua boa avaliação e o fato de ter dois adversários que pontuam. "Isso faz com que nenhum dos dois cresça o suficiente para disputar com ela", diz.

Maria das Graças e Alipinho tem índices de rejeição semelhantes - de 25% e 27%, respectivamente. Ex-prefeito da cidade, Deraldino é o candidato mais rejeitado segundo a pesquisa, com 51%. Martins acredita que o resultado pode ter relação com o fato do democrata já ter exercido o cargo de chefe do Executivo municipal.

A prefeita lidera nas duas regiões pesquisadas. Alipinho e Deraldino pontuam melhor, respectivamente, na sede e nos distritos do município. Na sede, o emedebista tem 25% das intenções de voto e o democrata, 10%. Nos distritos, o ex-prefeito pontua com 23% e o empresário, 8%.

Preferida entre todas as faixas etárias, Maria das Graças tem entre os mais jovens seu menor índice de intenção de votos. No grupo entre 16 e 24 anos, a prefeita pontua com 43%, contra 30% de Alipinho e 10% de Deraldino.

Avaliação

A administração municipal foi avaliada como ótima ou boa por 62% dos entrevistados e classificada como ruim ou péssima por 15%. O governador Rui Costa também é bem avaliado no município - 65% consideram a gestão estadual ótima ou boa e 10% a definem como ruim ou péssima.

Ao contrário dos dados de pesquisas anteriores realizadas em municípios baianos maiores, em Ipiaú a maioria da população aprova o governo Bolsonaro. O trabalho do presidente é bom ou ótimo para 49% e ruim ou péssimo para 19%. Na avaliação do diretor da Potencial, o resultado pode ser um reflexo do peso mais significativo do auxílio emergencial pago pelo governo em meio à pandemia.


Coronavírus

A pesquisa também verificou a percepção da população local às ações adotadas pelos governantes no enfrentamento à pandemia. Novamente, a maioria aprovou Bolsonaro, Rui e Maria das Graças.

As medidas do governo federal foram aprovadas por 58% e reprovadas por 34%. A atuação do governador foi apoiada por 71% dos entrevistados e desaprovada por 20%. Já em relação às ações da prefeitura, 68% das pessoas ouvidas concordaram e 25% discordaram.


http://atarde.uol.com.br/politic




Nenhum comentário: