Moacyr Franco relata agressão sofrida em assalto: ‘Apanhei tanto e escutei desaforo’

O cantor de 83 anos revelou ter medo do futuro, mas sabe que não irá conseguir fugir do que está reservado para ele

Foto: SBT

A notoriedade do cantor e apresentador Moacyr Franco, não impediu o artista de ser assaltado na rua. Em um relato no Instagram, o veterano de 83 anos, contou que foi agredido por assaltantes na abordagem e achou que iria morrer devido a força dos golpes.

“Outro dia fiquei na mão de um assaltante. Nossa, apanhei tanto, escutei tanto desaforo. Ele me deu um chute… Não há nada mais covarde do que isso, né? Você pode escolher: reagir ou morrer. Ou as duas coisas. É muito difícil se acostumar com os tapas da vida. Acho que não dá para acostumar”, contou.

O cantor revelou ter medo do futuro, mas sabe que não irá conseguir fugir do que está reservado para ele.

“Meu futuro é horroroso. Não consigo pensar em coisa boa, entendeu? Mas que seja bem-vindo o futuro. Tomara que ele venha todo dia. Todo dia tem futuro. A geladeira está lotada de futuro fresquinho. Tomara que venha. Agora, do passado não dá para fugir. Eu, quando pintam (na memória) umas lembranças ruins, eu tento esconder”, revelou Moacyr Franco.

Nenhum comentário: