TSE adere à campanha Agosto Lilás

                            Ação alerta para a defesa dos direitos da mulher em situação de violência

As três cúpulas que compõem a fachada do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estão iluminadas na cor lilás. A iniciativa é parte da campanha Agosto Lilás e busca conscientizar a sociedade sobre a defesa dos direitos da mulher em situação de violência. A ação tem abrangência nacional e envolve empresas, entidades de classe, associações, federações e a sociedade civil organizada, além de órgãos das três esferas de Poder.


O alerta também tem a finalidade de fomentar a discussão sobre a violência de gênero, tendo em vista o crescimento vertiginoso dos casos no Brasil. De acordo com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MDH), foi registrado um aumento médio de 14,1% no número de denúncias feitas ao Ligue 180, nos primeiros quatro meses de 2020.

O total de registros entre janeiro e abril de 2019 foi de 32,9 mil contra 37,5 mil no mesmo período deste ano, com destaque para o mês de abril, que apresentou um aumento de 37,6% no comparativo entre os dois anos, o que demonstra o avanço de casos durante o período de pandemia.

A violência doméstica pode ocorrer em casa, entre pessoas da família ou entre pessoas que mantenham relações íntimas de afeto, mesmo sem a convivência sob o mesmo teto, e vai além da agressão física, podendo ser sexual, psicológica ou moral.

A denúncia de violência contra a mulher pode ser feita em delegacias e órgãos especializados. Também há a central de atendimento à mulher, pelo telefone 180. O serviço é gratuito e confidencial e funciona 24 horas por dia. O canal recebe denúncias e esclarece dúvidas sobre os diferentes tipos de violência aos quais as mulheres estão sujeitas.

Gestor responsável: Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário: