Conselho do Ministério Público não deve afastar Dallagnol da Lava Jato em julgamento nesta terça

Foto: Danilo M Yoshioka/Futura Press/Folhapres

 
O CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) não deve afastar liminarmente Deltan Dallagnol do comando da Operação Lava Jato no Paraná. Ainda que uma investigação seja aberta para investigar a acusação de parcialidade do procurador, ele deve permanecer onde está.

A abertura de um procedimento, no entanto, pode impulsionar a ideia do procurador-geral da República, Augusto Aras, de fatiar a Lava Jato, obrigando Dallagnol a dividir o holofote com outros colegas.

Mônica Bergamo/Folha de S.Paulo

Nenhum comentário: