Médica mineira deverá ser a mais nova cidadã baiana após relevantes serviços prestados na Bahia

A médica ganhou notoriedade após defender uso da cloroquina para tratamento da covid-19 em Porto Seguro, sendo atendida pelo Governo Federal
A médica Raissa Soares deverá ser a mais nova cidadã baiana. Natural de Belo Horizonte (MG), a intensivista deverá receber o Título de Cidadã Baiana concedido pela Assembleia Legislativa da Bahia às personalidades com notórios serviços prestados no estado. A homenagem proposta pelo deputado estadual Samuel Júnior (PDT) aguarda aprovação dos pares da ALBA.

A médica ganhou notoriedade nas redes sociais após defender uso da cloroquina para tratamento da covid-19. Na terça-feira (30/6), a profissional publicou um vídeo no Facebook em que pede ao presidente Bolsonaro para enviar o medicamento para Porto Seguro. Após o pedido de Raissa, o Governo Federal anunciou o envio de 40 mil doses do medicamento para Bahia.

“Além do desempenho profissional no enfrentamento da COVID-19, numa atividade heroica, assim como os demais profissionais de saúde, doutora Raissa Soares tem sido uma voz lúcida, sensata e coerente nas redes sociais, aconselhando os colegas médicos a utilizarem as estratégias bem-sucedidas adotadas em Porto Seguro, afim de vencer a guerra contra esse vírus. Por todos esses serviços prestados à saúde no nosso estado, é uma honra reconhecê-la como uma cidadã baiana”, justificou Samuel.

Raissa Soares é graduada em medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, com especialização em clínica médica, pós-graduada em Urgência, Emergência e Terapia Intensiva e Medicina da Família.

A médica atuou ainda em Belo Horizonte na implantação dos protocolos assistenciais da dengue por três anos consecutivos, bem como, na participação ativa no atendimento, campanhas e protocolos do H1N1.


Nenhum comentário: