Taxa de contaminação vai demorar pra cair se a população não colaborar, diz governador

Rui Costa criticou a atitude de pessoas que, após serem infectadas, estão saindo às ruas e acabam disseminando o vírus
Governador Rui Costa (PT) e o prefeito ACM Neto (DEM) inauguram Unidade Básica de Saúde no bairro do Pau Miúdo (Foto: Matheus Morais/bahia.ba)
O governador Rui Costa (PT) afirmou na manhã desta quinta-feira (25) que a pandemia do novo coronavírus tenderá a perdurar por mais tempo no estado caso a população, sobretudo as pessoas infectadas, não colabore com as medidas de distanciamento adotadas para evitar o avanço da doença.

“Pra mim, tem chegado muitos relatos de que, na periferia, pessoas até estavam tomando cuidado, com medo de contrair a doença. Mas muitos, depois que contraíram, dizem ‘agora eu já peguei mesmo’ e estão indo pra rua. Essa é uma péssima notícia, porque significa que nós vamos demorar de cair a taxa de contaminação”, disse, durante inauguração de uma UBS (Unidade Básica de Saúde) no bairro do Pau Miúdo, em Salvador.

O equipamento foi entregue em mais uma agenda conjunta com o prefeito ACM Neto (DEM).

Ao apresentar dados que mostram um relativa estabilização na disseminação da Covid-19 no território baiano, o governador disse que alguns indicadores, dentre os quais de óbitos diários, ainda estão em um patamar muito alto.

“A percepção nossa é que estabilizou, parou de crescer a ritmos acelerados. A demanda, por exemplo, pra leitos hospitalares no estado está em torno de 1%, 1,4%, 1,5%. É uma demanda baixa, ou seja, cresce diariamente 1%, 1,5%. Isso, em maio, era 10%. Então nós conseguimos reduzir. A boa notícia é que estabilizou. A má notícia é que estabilizou num patamar muito alto. Nós estamos com mais de 1.000 casos diários, novos, e temos um patamar hoje de óbitos em torno de 50 nos últimos cinco dias, um patamar alto”, observou.

“De um lado a gente pode enxergar a luz no final do túnel. Não dá pra comemorar nada, porque a estabilização se deu num patamar muito alto. A expectativa é que haja um envolvimento maior e uma consciência maior principalmente das pessoas que testam positivo”, disse o governador.

Nenhum comentário: