Olavo de Carvalho minimiza caso Queiroz: ‘Lula roubou para financiar o morticínio’

Foto: Reprodução/Twitter
O escritor Olavo de Carvalho comentou a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), que é acusado de participar de um esquema de lavagem de dinheiro. O guru do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tentou minimizar o caso.

Desviando o foco do caso Queiroz, Olavo de Carvalho comparou a situação com o ex-presidente Lula e acusou o petista de roubar para “salvar da destruição o movimento político mais homicida, mais monstruoso e desumano que a humanidade já viu”, se referindo das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). “Meu filho, ele [Lula] roubou para financiar o morticínio. Eu não estou aqui falando em corrupção. Corrupção perto disso é bosta”, afirmou.

Em seguida, Olavo insinuou que as pessoas que estão preocupadas com o combate a corrupção é “incapaz de conceber o mal em suas devidas proporções” e “só entende males menores”.

Assista ao vídeo completo:
Por: Bahia.Ba

Nenhum comentário: