Policiais temem surto do novo coronavírus em delegacias da Bahia

Foto: Correio Feirense
Os policiais que atuam na capital e no interior da Bahia têm demonstrado preocupação com possíveis surtos do novo coronavírus (Covid-19) nas delegacias, sobretudo após oito guardas terem sido afastados de uma unidade no bairro Brotas, em Salvador, por suspeita de infecção.

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindcop), Eustácio Lopes, o combate ao vírus não tem sido efetivo nas unidades e faltam equipamentos de proteção. “Precisamos de mais máscaras, de higienização. Queremos, principalmente, os testes rápidos. Precisamos desses testes”, afirmou.

Em nota enviada à reportagem, a Polícia Civil informou que tem aplicado protocolos de prevenção à doença por meio do Departamento Médico da Polícia Civil (Demep) e que, diante dos casos da doença na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Brotas, uma ação de higienização e desinfecção foi aplicada na unidade durante a manhã de terça-feira (19).

“Policiais com suspeita da Covid-19, sem sintomas, foram afastados preventivamente. Assim como outras unidades, a Deam de Brotas recebeu pulverizador costal, além de passar diariamente por higienização com água sanitária, detergente e sabão líquido”, disse, acrescentando que “os servidores receberam equipamentos de proteção individual (luvas, máscaras e álcool a 70%)”. Por: Bahia.Ba

Nenhum comentário: