Número de infectados é 7 vezes maior que o registrado, aponta estudo

Foto: Agência Brasil
Um estudo realizado pela Universidade Federal de Pelotas (Ufpel) aponta que o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus é 7 vezes maior do que o registrado pelas autoridades sanitárias. Os dados se restringem ao Rio Grande do Sul, que possui 11,3 milhões de habitantes.

A amostra contou com 4.189 pessoas de Porto Alegre, Canoas, Pelotas, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Passo Fundo, Ijuí e Uruguaiana. Os dados indicam que cerca de 0,05% da população gaúcha deve ter sido contaminada pelo novo coronavírus, algo em torno de 5.560. Na conta do governo local, o número de casos é 747.

“Em resumo, para cada 1 milhão de habitantes no Rio Grande do Sul, estima-se que existam 500 casos reais de Covid-19, apenas 66 casos notificados e 1,2 mortes”, conclui o relatório do estudo, de acordo com a Folha de S.Paulo.

O estudo foi financiado pelo Instituto Serrapilheira, pela Unimed Porto Alegre e pelo Instituto Cultural Floresta. Os testes usados na pesquisa foram fornecidos pelo governo federal.

Nenhum comentário: