Rio de Janeiro cria gabinete de crise para novo coronavírus

Fernando Frazão/Agência Brasil
A prefeitura do Rio de Janeiro criou um gabinete de crise para organizar e executar as ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. O decreto de criação do gabinete foi publicado hoje (20) no Diário Oficial do Município.

O gabinete, a ser chefiado pelo secretário municipal de Ordem Pública, Gutemberg de Paula Faria, ou por alguém designado por ele, ficará responsável por integrar todos os órgãos da prefeitura em torno das ações contra a doença.

Ontem (19), a prefeitura anunciou novas medidas de enfrentamento à pandemia, como o fechamento de quiosques localizados nas praias e perto de boates, a contratação de 280 profissionais de saúde concursados, a oferta de 400 vagas em hotéis para idosos e gestantes moradores de rua e a suspensão temporária de Riocard para os alunos da rede municipal, entre outras.

A prefeitura enviou também um pedido à Câmara dos Vereadores para alterar a escala de trabalho dos guardas municipais, de 12 horas de trabalho por 60 horas de descanso para 12 por 36 horas.

Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Agência Brasil - Rio de Janeiro

Nenhum comentário: