Governadores decidem coordenar como bloco integrado ações contra coronavírus

Foto: Carlos Prates/GOVBA
Os governadores dos estados da região nordeste se reuniram mais uma vez na tarde desta sexta-feira (27), para avaliar estratégias de atuação em meio à pandemia do novo coronavírus. Em carta aberta divulgada após o encontro, os gestores do Consórcio Nordeste afirmaram que seguirão orientados pela ciência e pela experiência mundial para nortear medidas de combate à Covid-19.

Na ausência de uma “efetiva coordenação nacional”, o grupo decidiu agir como bloco regional, integrado também às outras regiões do Brasil. O objetivo, segundo os governadores, é salvar vidas e amenizar o impacto sobre a economia dos estados.

O grupo criticou a postura do Governo Federal, contrariando a orientação de autoridades sanitárias de todo o mundo, que indicam o isolamento social como forma de conter o avanço do novo coronavírus. A promoção de campanha institucional estimulando a interrupção das ações preventivas e o incentivo a carreatas contra a quarentena são vistos como um “verdadeiro atentado à vida”.

“A omissão em padronizar normas nacionais e a insistência em provocar conflitos impedem a unidade em favor da saúde pública. Assim agindo, expõe-se a vida da população, além de assumir graves riscos no tocante à responsabilidade política, administrativa e jurídica”, diz a carta.

Os governadores também exigiram respeito por parte da Presidência da República, e que sejam cessadas as agressões contra os gestores estaduais. Apesar das críticas ao governo federal, os membros do Consórcio Nordeste elogiaram a atuação do Congresso Nacional, cujo papel é considerado “decisivo”.

Nenhum comentário: