Coronel da PM-BA revela que, por pouco, não agrediu Kannário: ‘Não aguenta um tapa’

Foto: Camila Souza/GOVBA
O comandante do policiamento especializado da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), coronel Humberto Sturaro, revelou, em entrevista à rádio Metrópole nesta quarta-feira (26), que, por pouco, não agrediu fisicamente o cantor Igor Kannário, após as palavras proferidas pelo também deputado federal pelo DEM contra a PM-BA durante a passagem do seu trio no Campo Grande.

“Com todo respeito ao deputado, mas ele não aguenta uma tapa. Eu encontrei ele no restaurante Boi Preto e pensei duas vezes. Fiquei olhando, olhei uma, olhei duas, olhei três… O que vai acontecer? Pensei: ele está me devendo uma e vou cobrar agora, mas ele vai dizer que fiz porque sou coronel, porque sou polícia”, contou Sturaro.

“Outra coisa: ele não é o meu peso. Não é o meu quilo. Seria até uma covardia. Deixa ele seguir o caminho dele. Ele estava com a esposa. Se eu pegasse ele ali, sacudisse pelo pescoço, ele iria dizer o quê? Iria pedir socorro?”, acrescentou.

Além do coronel, os deputados federais Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Daniel Silveira (PSL-RJ), além do deputado estadual Capitão Alden (PSL) também subiram o tom contra o músico baiano.

Mateus Soares

Nenhum comentário: