Solla aciona MP-BA contra prefeito de Itabuna por segurar R$ 25 milhões

Foto: Divulgação
Enquanto os funcionários dos hospitais Calixto Midlej Filho e Manoel Novaes, administrados pela Santa Casa de Itabuna, declaram greve por atraso de salário, a gestão do prefeito Fernando Gomes se nega a repassar à filantrópica R$ 25,5 milhões, recursos federais direcionados à entidade devido à luta de um grupo de deputados federais. Um deles é o deputado Jorge Solla (PT-BA), que denunciou nesta quarta-feira (22) a situação ao Ministério Público (MP-BA), além de solicitar intervenção política do governador Rui Costa, dos senadores e do secretário estadual da Saúde, Fábio Villas Boas.

“Infelizmente, o uso do cachimbo deixa a boca torta. O atual prefeito tem o DNA do autoritarismo. Age como coronel carlista, que sempre foi, ao se apropriar de R$ 25 milhões do SUS, dinheiro que nunca foi dele. Sua atitude paralisa e sufoca financeiramente serviços de saúde tão importantes, estão ameaçados de morte”, criticou o deputado Solla. Os recursos foram depositados nas contas da prefeitura em dezembro de 2019.

“Diante da grave dificuldade que passa a entidade, formamos uma frente de deputados que foi ao Ministério da Saúde e solicitamos recursos para realizar um mutirão de cirurgias bariátricas na Santa Casa. A ideia era de zerar a fila e a Santa Casa, ao produzir, ter uma margem de lucro e ajudar a pagar as dívidas acumuladas”, explicou o petista. O Sindicato Trabalhadores Estabelecimento Saúde Itabuna (Sintesi) também encaminhou denúncia ao MP-BA solicitando intervenção na gestão municipal do SUS.

Solla recorda que situações como essa já aconteceram na gestão anterior de Fernando Gomes em Itabuna (2005-2008), quando a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) teve de assumir a gestão do SUS em Itabuna após a prefeitura cometer uma série de irregularidades. “Na época, regularizamos o pagamento dos prestadores privados e filantrópicos, que estavam muito atrasados, como agora, ampliamos a oferta contratada, abrimos um hospital privado que estava fechado, e agora fechou novamente, e organizamos a oferta pública, especialmente do Hospital de Base”, completa o petista.

Por: Politica Livre

Nenhum comentário: