Bolsonaro abandona entrevista após pergunta sobre crítica de Celso de Mello

Foto: Alan Santos/PR
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) abandonou uma entrevista à imprensa brasileira ao ser questionado sobre a crítica do ministro decano do STF (Supremo Tribunal Federal), Celso de Mello, a um vídeo postado em seu perfil oficial no Twitter que criticava a corte.

Segundo o portal UOL, o episódio ocorreu nesta terça-feira (29), após deixar o hotel onde está hospedado em Riade, capital da Arábia Saudita, para compromisso com membros da realeza saudita. Na ocasião, Bolsonaro comentou sobre as expectativas da visita oficial e do jantar de segunda (28) à noite com o príncipe herdeiro do país, Mohammed bin Salman. Quando um repórter fez menção a Celso de Mello, o presidente interrompeu a entrevista e se retirou do local.

Leão e hienas

Em vídeo publicado no Twitter, Bolsonaro é comparado a um leão cercado por hienas, batizadas com os nomes de quem o presidente considera ser seus inimigos que o atacam.

Entre eles estão o STF, o próprio PSL, veículos de imprensa, movimento feminista, ONU (Organização das Nações Unidas), OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), MBL (Movimento Brasil Livre), Greenpeace, lei Rouanet, CUT (Central Única dos Trabalhadores) e partidos de oposição ao governo, como PT, PSDB e PCdoB. Após críticas, o vídeo foi deletado da conta pessoal do presidente.

Em nota, Celso de Mello classificou o comportamento como uma “absoluta falta de ‘gravitas’ e de apropriada estatura presidencial”.

Nenhum comentário: