11/12/2015

OAB cobra agilidade nas ações do governo contra microcefalia

OAB cobra agilidade nas ações do governo contra microcefalia
Foto: Getty Images
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) cobrou do governo federal, nesta quinta-feira (10), agilidade no combate à epidemia de microcefalia e ao zika vírus, associado às causas do atual surto da doença. “O direito à vida e à saúde fazem parte de uma categoria de direitos que exigem participação ativa do Estado para que sejam consumados. As respostas precisam ser mais ágeis”, defendeu o presidente nacional da entidade, Marcus Vinicius Furtado Coêlho. A OAB também manifestou, em nota divulgada em seu site, preocupação quanto ao controle epidemiológico nas fronteiras brasileiras com a aproximação das Olimpíadas em 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta matéria.