Ciro chama promotora de ‘filho da puta’ e PDT pede ponderação

Ciro chama promotora de ‘filho da puta’ e PDT pede ponderação

O presidenciável Ciro Gomes se referiu, sem saber que era uma mulher, uma promotora de São Paulo de “filho da puta”, após ter sido aberta contra ele uma investigação por injúria racial. More »

Sem Lula no páreo, Rui defende candidato de outro partido e Wagner vice

Sem Lula no páreo, Rui defende candidato de outro partido e Wagner vice

O governador Rui Costa voltou a defender que o PT tenha um candidato de um partido da base aliada na corrida ao Palácio do Planalto nas eleições de outubro, caso o ex-presidente More »

MP investiga licitação para compra de peixes na gestão do ex-prefeito Deraldino

MP investiga licitação para compra de peixes na gestão do ex-prefeito Deraldino

O Ministério Público do estado da Bahia abriu um inquérito civil para investigar supostas irregularidades no procedimento licitatório Carta Convite nº 001/2016, realizado pelo município de Ipiaú, no valor de R$ 78.960,00 More »

Vereadores de partidos ligados a Rui declaram apoio a José Ronaldo

Vereadores de partidos ligados a Rui declaram apoio a José Ronaldo

Liderados pelo vereador Lukas Paiva (PSB), 12 vereadores de Ilhéus declaram apoio ao pré-candidato ao governo do estado pelo Democratas, José Ronaldo. O acordo foi selado na tarde desta segunda-feira (16), em More »

Safra baiana cresce e produção de grãos bate recorde em 2018

Safra baiana cresce e produção de grãos bate recorde em 2018

Os produtores da Bahia têm muito a comemorar. O estado está colhendo safra recorde de grãos em 2018: são 9,7 milhões de toneladas, segundo o boletim mais recente da Companhia Nacional de More »

 

José Dirceu tem até 17h para se entregar à Polícia Federal

Foto: Ed Ferreira/ Estadão Conteúdo

Morando em Brasília desde maio de 2017, o ex-ministro José Dirceu deve se entregar até as 17h desta sexta-feira (18) na sede da Polícia Federal (PF) na capital. A ordem é da juíza substituta da 13ª Vara Federal Gabriela Hardt,  que substitui Sérgio Moro, titular, que está fora do país. A juíza determinou a execução provisória da condenação de Dirceu a 30 anos e nove meses de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa, no âmbito da Operação Lava Jato.

José Dirceu mora no bairro do Sudoeste, de classe média alta em Brasília, e no ano passado foi alvo de vários protestos de moradores por sua presença no local. Na ocasião, o juiz Sérgio Moro determinou que o ex-ministro permanecesse em liberdade, com tornozeleira eletrônica, e que não poderia deixar o país. A determinação para Dirceu ficar em Brasília incluía ainda a proibição de deixar a cidade, não se comunicar, por qualquer meio ou por interpostas pessoas, com os coacusados ou testemunhas de três ações penais da Lava Jato e entregar em juízo de passaportes brasileiros e estrangeiros.

Decisão – A prisão do ex-ministro foi decidida após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) rejeitar, no início da tarde dessa quinta-feira (17), o último recurso de Dirceu contra a condenação na segunda instância da Justiça. Ainda cabe recurso às instâncias superiores.

Além de negar o recurso, a Quarta Seção do TRF4 determinou a imediata comunicação à 13ª Vara Federal para que fosse determinada a prisão, com base no entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que autoriza a execução da pena após o fim dos recursos na segunda instância.

Condenação – Dirceu foi condenado por Moro a 20 anos e 10 meses de prisão em maio de 2016. Em setembro do ano passado, o TRF4 aumentou a pena para 30 anos e nove meses. A pena foi agravada devido ao fato de o ex-ministro já ter sido condenado por corrupção na Ação Penal 470, o processo do mensalão.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), Dirceu teve participação em um esquema montado pela Engevix, uma das empreiteiras que formaram cartel para fraudar licitações da Petrobras a partir de 2005.

De acordo com a acusação, a empresa pagou propina a agentes públicos para garantir contratos com a Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas e as refinarias Presidente Bernardes, Presidente Getúlio Vargas e Landulpho Alves.

O TRF4 negou os últimos embargos e autorizou a prisão também de Gerson Almada, ex-vice-presidente da Engevix, e do lobista Fernando Moura, antigo aliado de Dirceu.

*Com informações de André Richter/Agência Brasil

Aliados de Ronaldo se dizem animados. Acham que ele começou a pegar pique

Foto: Mateus Soares/ bahia.ba

Aliados de Zé Ronaldo (DEM) aos poucos vão curando das bordoadas de abril e externando expectativas de esperança. As pesquisas internas mostram que ele ainda não pontuou com dois dígitos, mas está indo bem.

Ronaldo tem um alvo imediato: incorporar os 30% do eleitorado que é anti petista carimbado (a recíproca é verdadeira, ressalte-se). E batalhar a conquista dos 40% que não têm lado.

Como 2006

Alguns, como o deputado Pedro Tavares (MDB), evocam o precedente de 2006. Na época, Paulo Souto governador bem avaliado disputando a reeleição, perdeu para Jaques Wagner que um ano antes estava lá por Brasília e ninguém falava por aqui.

Lógico que não é bem assim. Em 2006 Wagner tinha Lula no auge pedindo voto para ele na televisão. Cadê o cabo eleitoral televisivo de Ronaldo? Rui Costa tem Lula na cadeia, mas mesmo assim um bom cabo eleitoral, e Ronaldo, se é que, Rodrigo Maia, o presidente da Câmara, que ao que parece, mais precisa de ajuda do que pode ajudar.

Óbvio que o cenário federal de hoje influencia pouco ou nada, mas referências em matéria de lideranças expressivas fazem falta. Que os aliados de Ronaldo bradem o ‘vamos em frente’ em tom de otimismo faz parte. Mas ele ainda tem alguns nós entre possíveis aliados a desatar. Um dele é João Gualberto, o pré-candidato do PSDB. Ele quer votos para Geraldo Alckmin. Vai ter?

Fonte: Bahia.Ba

 

SSP lembra com seminário o Dia das Telecomunicações

Foto: Jorge Cordeiro

Em comemoração ao ‘Dia Internacional das Telecomunicações’, comemorado hoje (17), a Secretaria da Segurança Pública iniciou, na manhã desta quinta-feira, o 2ª Seminário Nacional das Telecomunicações, que se estende até amanhã (18). O evento, que visa a promover uma troca de informações sobre as novas tecnologias utilizadas em diversos estados para agilizar as ocorrências, está acontecendo no Centro de Operações e Inteligência da SSP, no Centro Administrativo.

“O seminário mostra o que temos de novo em tecnologia, para melhor atender à sociedade. Acabei de participar de um na China e estou cheio de informações para passar para nossa equipe e ansioso para já começar a trabalhar em cima dessas inovações”, contou o superintendente de Telecomunicações, coronel PM Antônio Carlos Silva Magalhães.

Durante dois dias, o 2ª Seminário Nacional das Telecomunicações discutirá diversos temas, sendo que um deles, o ‘Optical Character Recognition (OCR) – sistema de reconhecimento óptico de caracteres – e embarcados: Integração com sistemas municipais sobre tecnologias’, será abordada numa palestra ministrada pelo major Alexandre Simões, chefe da Divisão de Imagens e Serviços Embarcados do Comando-geral da Polícia Militar de São Paulo. “Estou muito satisfeito de estar aqui, em Salvador, transmitindo um pouco da nossa rotina e interagindo com as forças de segurança da Bahia”, afirmou.

Manuelle Carvalho, coordenadora da Diretoria de Tecnologia da Informação da Superintendência de Gestão Tecnológica e Organizacional (SGTO), está participando pela segunda vez do evento. “Esses encontros são importantes para que a gente fique sabendo das novas tendências mundiais das telecomunicações”, declarou, observando que “é bom estar sempre se atualizando”.

Representantes das Policias militares da Bahia, de São Paulo, Ceará, Pernambuco e Amazonas, além de estudantes universitários, estão participando do evento, que, ao final, promoverá o lançamento do livro ‘Telecomunicações na Segurança Pública da Bahia – Dos sinos a era digital’, elaborado em conjunto por servidores da Stelecom.

Fonte: Ascom / Natalia Verena

Temer e Aécio se achavam imunes, e nenhum cidadão é, diz Janot

© Adriano Machado / ReutersEx-procurador-geral da República destacou importância da delação da JBS e falou sobre o que espera das próximas eleições

Passado um ano desde que os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, fecharam acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR), Rodrigo Janot, que à época estava à frente do órgão, destacou a importância da colaboração, que resultou em 91 investigações, incluindo duas denúncias contra o presidente Michel Temer.

Em entrevista ao O Globo, Janot afirma que não há nenhum outro país do mundo em que um chefe da nação é réu em dois processos criminais e alvo central de outros dois.

“Foi um acordo importantíssimo para desvendarmos toda organização criminosa que se apropriou do poder público brasileiro. As informações, provas e a proatividade dos colaboradores foram medidas nas denúncias feitas contra o presidente em exercício Michel Temer e nas investigações que seguiram. Ele responde a duas denúncias e duas investigações criminais, que decorrem dessa colaboração. Acredito que essa foi uma das colaborações premiadas que mais auxiliaram o combate à corrupção no Brasil. Atingiu um presidente da República em exercício que, depois de três anos e meio da Lava-jato, continuava praticando atos que queria. Achava que era imune a qualquer investigação do Ministério Público. E nenhum cidadão é”, disse.

O ex-procurador também citou o senador Aécio Neves. “Chegamos ao virtual futuro presidente da República (senador Aécio Neves), que também continuava praticando atos e se acreditava imune. Esse é o quadro que eu desenho de um ano depois dessa colaboração da J&F”, completou.

Questionado sobre o que manteria Temer no poder, Janot disse que “essa pergunta tem de ser feita à Câmara dos Deputados que não permitiu o prosseguimento dos dois processos penais contra ele”. “Processos inaugurados contra ele com provas, estou falando em provas, não em indícios, que decorreram da colaboração premiada e da atuação proativa desses colaboradores. Malas de dinheiro circulando em São Paulo, “tem que manter isso, viu ?”, isso não é pouco. Isso é muito. Então quem tem que responder a essa pergunta é Câmara que, num juízo político, entendeu que ele não poderia ser processado agora enquanto presidente da República, apesar de ter cometido, ao que tudo indica, crime no exercício da presidência da República depois de quase quatro anos de Lava-Jato em curso. Quanto ao senador (Aécio) é réu, responde a um processo penal”, pontuou.

O ex-procurador ainda disse ser provável uma terceira denúncia contra Temer. “Não conheço o conteúdo dessas investigações. O caminho normal é que a denúncia virá. A justiça brasileira é republicana. Não estamos aqui mais para proteger oligarquias. O Brasil está mudando para melhor”, afirmou.

Sobre a expectativa para as próximas eleições, Janot destacou que haverá “decisões importantes”. “Não haverá possibilidade de financiamento de pessoas jurídicas. A expectativa é de que os custos se reduzam. O custo das eleições no Brasil é muito mais caro que na França, Inglaterra, Alemanha, Itália. Temos outros estudos que mostram que dos 20 maiores doadores das eleições de 2010, 14 delas caíram na Lava-jato. Será uma eleição diferente ? Sim, será uma eleição diferente. Mas se haverá interferências dessas organizações eu não posso dizer. Existe um ditado, ‘criada a lei, criada a fraude à lei’. Então vamos esperar. Como a reforma política não veio, temos que ver o que vai acontecer”.

Promoção 10 anos da Itanet.

    Promoção 10 anos da Itanet.
Na Itanet é assim; O cliente Itanet que antecipar o pagamento do seu carnê concorrerá R$ 600,00 mensal, serão dois sorteios por mês, O primeiro sorteio será R$ 300,00 para clientes com vencimento dia 15 de cada Mês, O segundo sorteio será para clientes com vencimento dia 30 de cada mês; Venha para itanet você também
Itanet conectando você,
Rua Senhor do Bonfim, 127, Tel. (73) 35314922-WhatsApp (73) 9-91527866-Ipiaú´BA
“Resultado do sorteio de R$ 300,00 promoção 10 anos da Itanet, realizado nesta quarta-feira 16 /05 que teve como ganhador o cliente da Itanet Rogério Barbosa dos Santos, Morador na Av. São Salvador, 437 Ipiaú-BA”

Empresário alega que é dono dos R$ 51 milhões atribuídos a Geddel

Foto: Agência Brasil

O empresário baiano Carmerino Conceição de Souza reclamou a propriedade dos R$ 51 milhões achados em um bunker pela Polícia Federal (PF) que foi atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima. De acordo com a coluna Satélite, do jornal Correio, ele realizou diversas ligações diárias para o escritório do advogado de Geddel, Gamil Foppel, alegando ser o verdadeiro dono do dinheiro.

O empresário também enviou e-mails ao advogado para declarar a posse dos valores apreendidos no ano passado, durante Operação Tesouro Perdido, um dos desdobramentos da Operação Lava Jato. Ainda segundo a coluna, o episódio consta na petição encaminhada na terça-feira (15) ao superintendente da PF na Bahia, Daniel Justo Madruga. Nela, o criminalista detalha os contatos feitos pelo empresário de “forma insistente”.

O advogado informa na petição que havia orientado todos os seus funcionários a direcionar o empresário À PF, para que ele declarasse a posse dos R$ 51 milhões. “Mesmo após essa advertência, o referido senhor tem insistido em buscar contato com este peticionário (e demais advogados de seu escritório), passando a proferir expressas ameaças”, diz Gamil.
Fonte: Bahia noticas

BRT de Salvador: Apropriação política e indignação seletiva

Foto: Divulgação

O secretário de Mobilidade Urbana de Salvador, Fábio Mota, passou ontem pela redação do Bahia Notícias para explicar o projeto do BRT de Salvador, envolto em uma série de polêmicas após o início das obras. A visita faz parte de uma tentativa da gestão municipal de mitigar os efeitos negativos das críticas feitas por personalidades como Caetano Veloso ao projeto com diversas intervenções no trecho entre a Estação da Lapa e o Iguatemi, passando pelas avenidas Vasco da Gama e Juracy Magalhães. Como se sabe, o projeto não é unanimidade.

Porém a discussão está longe de ser unicamente técnica ou urbanística como adversários políticos buscam vender. Há sim uma questão política e também um quê de indignação seletiva por parte dos interlocutores que agora participam da discussão. E, antes que haja uma chuva de críticas sobre esse posicionamento, garanto que, ainda durante a concepção do projeto, não foram raras as vezes em que o Bahia Notícias trouxe o debate sobre o projeto do BRT, ouvindo pessoas contrárias ao projeto quando ainda não se falava em desmatamento de árvores ou destruição de canteiros (clique aqui e veja um exemplo).

Um dos especialistas ouvidos pelo BN à época, o arquiteto Carl Von Hauenschild, do conselho do Instituto dos Arquitetos da Bahia (IAB), inclusive, mantém a postura contrária às intervenções. Ele é apenas um dos exemplos de pessoas que buscam participar ativamente de discussões sobre questões urbanísticas da capital baiana e, por isso, merece todo o respeito possível. O mesmo não se pode falar de muitos outros atores políticos que, amparados por puro casuísmo, aparecem como críticos vorazes do BRT desde a concepção original do projeto. Não o são.

E não adianta dizer que desconheciam o projeto. É desnecessário ser especialista em arquitetura para saber que a construção de um modal como o BRT não iria manter intactos os trechos de canteiros centrais nas avenidas cortadas pelo projeto. Quando o metrô de Salvador foi construído, eventuais impactos urbanísticos do modal nas avenidas Bonocô ou Paralela não tiveram a mesma intensidade de críticas que se vê agora. A linha 2 do metrô, por exemplo, destruiu um parque urbano elaborado com a colaboração do paisagista Burle Marx, uma referência na área.

No entanto, o barulho foi bem menos evidente. O BRT Lapa-Iguatemi está longe de ser perfeito – nem o é. Porém esses ataques tardios ao projeto só corroboram com o discurso da prefeitura de que há apropriação política do tema. E dificilmente os críticos reais das intervenções acham que reforçar a defesa feita pelo Executivo é uma estratégia satisfatória.
Fonte: Bahia noticas

Banco Central mantém taxa básica de juros em 6,5% ao ano

Sede do Banco Central do Brasil em Brasília, Brasil REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

Banco Central manteve nesta quarta-feira a taxa básica de juros em 6,50% ao ano, contrariando amplas expectativas de corte de 0,25 ponto percentual, justificando que o cenário externo tornou-se mais desafiador e apresentou volatilidade.

SAIBA MAIS
“A evolução dos riscos, em grande parte associados à normalização das taxas de juros em algumas economias avançadas, produziu ajustes nos mercados financeiros internacionais”, afirmou o BC em comunicado, em meio ao movimento que levou à forte valorização do dólar nas últimas semanas.

Quarenta de 42 economistas consultados pela Reuters esperavam corte de 0,25 ponto na Selic, ao passo que apenas dois previam manutenção do patamar de 6,5% ao ano.

O BC também reduziu sua projeção de inflação a 3,6% em 2018, ante 3,8% em seu último cálculo, pelo cenário de mercado. Para 2019, a conta também caiu a 3,9%, contra 4,1% antes.

No cenário com juros e câmbio constantes, por outro lado, as projeções de inflação situam-se em torno de 4% em ambos os anos.

Fonte: Terra.com

Irritado com falta de estrutura, médico quebra móveis de posto de saúde

Foto: Reprodução / YouTube

Um médico quebrou móveis do posto de saúde no qual trabalha, após se irritar com a falta de estrutura da unidade. O caso aconteceu na manhã desta terça-feira (15), no bairro de Jardim América, em Cariacica (ES). O profissional ainda jogou no chão vários documentos, como mostrou um vídeo feito por um paciente que esperava consulta.

Segundo o G1, o subsecretário de Saúde do município, Jocemir Joaquim da Silva, informou que o médico trabalha como clínico geral do posto há mais de 20 anos e não será preso, nem afastado. “Foi por causa de condições de trabalho. Nós chegamos aqui, ouvimos ele, vamos ouvir agora a supervisora e colegas de trabalho para saber o que houve.

Mensagem de Maria aos ‘Garis’ em homenagem a comemoração ao seu dia!!

Foto: Ascom/Prefeitura de Ipiaú

Por onde eles passam, Ipiaú fica mais linda! Hoje, quero no Dia do Gari, agradecer todo o empenho e garra dos nossos colaboradores da limpeza pública. Vocês estão lutando conosco para deixar o município mais limpo e bonito. Obrigada pela dedicação e contem comigo!