Raquel Dodge é favorita dos próprios ministros para futura vaga no STF

Raquel Dodge é favorita dos próprios ministros para futura vaga no STF

  Raquel Dodge é cotada, em caso de aposentadoria antecipada Procuradora-geral da República é a mais cotada a ser nomeada em caso de aposentadoria antecipada. Foto: José Cruz/Agência Brasil Com o Supremo More »

Prefeitura de Ipiaú promove ações educativas na Semana Nacional do Trânsito

Prefeitura de Ipiaú promove ações educativas na Semana Nacional do Trânsito

A Semana Nacional do Trânsito está com uma programação diversificada em Ipiaú. A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Infraestrutura e Diretoria Municipal de Trânsito, está realizando diversas ações educativas nas vias More »

Marta é eleita a melhor jogadora de futebol do mundo pela sexta vez

Marta é eleita a melhor jogadora de futebol do mundo pela sexta vez

Marta ganha o prêmio de melhor jogadora A brasileira Marta foi eleita a melhor jogadora de futebol do mundo pela sexta vez. O prêmio foi entregue hoje (24) na cerimônia The Best, More »

Bolsonaro deve ter alta na sexta-feira, dizem aliados

Bolsonaro deve ter alta na sexta-feira, dizem aliados

Candidato à Presidência pretende realizar transmissões ao vivo pela internet durante o horário eleitoral Foto: Reprodução/Instgram Internado há 18 dias no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) More »

Em evento no Nordeste, Ciro critica Haddad e diz ser o único candidato nordestino

Em evento no Nordeste, Ciro critica Haddad e diz ser o único candidato nordestino

  Ele diz ser o único nordestino e criticou uso do nome de Lula Com agenda em três estados do Nordeste neste domingo (23), o candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, More »

 

Marcha para Jesus acontece no Centro de Salvador no sábado

Com direito a shows e trios elétrios, a Marcha para Jesus será realizada neste sábado, 22, no Centro de Salvador. O evento, que está na 21ª edição, começará às 13h, com concentração na praça do Campo Grande. O tema deste ano é “Que entre o Rei da Glória”, em alusão à passagem bíblica de Salmos 24:7.

A caminhada seguirá pela avenida Sete de Setembro até a Praça Castro Alves, com trios acompanhando os fiéis com orações. No final do percurso, show de artistas da música gospel irá agitar os presentes na festa religiosa. 

Entre as atrações confirmadas, o grupo Renascer Praise, André Valadão, banda DOPA, Rose Nascimento, Davi Sacer, Verônica Sacer e Cassiane.

Fonte: A Tarde

Casal é preso em Ilhéus com 30 quilos de maconha

Laemyle e Vanaildo presos com 33 quilos de maconha || Foto PC-BA

gentes da 1ª Delegacia Territorial de Ilhéus apreenderam 33 quilos de maconha em um imóvel na Rua Jacarandá, Bairro São Francisco, na zona sul de Ilhéus, na tarde desta quinta-feira (20). Foram presos Vanaildo Alves de Almeida e Laemyle Silva Nascimento, que estavam no imóvel no momento da apreensão.

De acordo com o delegado Thiago Almeida, da 1ª Delegacia, também foram apreendidos comprovantes de depósitos bancários, material para embalar e vender a droga e balanças de precisão. Vanaildo e Laemyle foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil. A polícia busca identificar o fornecedor da droga e os possíveis compradores da maconha.

 Publicado em Pimenta na Muqueca

Prefeito de Uruçuca sofre tentativa de assalto na BR-101

O prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite Júnior, tornou-se alvo de criminosos na noite da última quarta-feira (19), por volta das 21h30min, quando seguia de Uruçuca para Salvador. Ele sofreu tentativa de assalto no trecho da BR-101 entre Travessão (Camamu) e Itamarati (Ibirapitanga), na BR-101. O seu veículo, um SW4, foi surpreendido pelos assaltantes em um EcoSport. De arma em punho, um dos ocupantes do veículo ordenou que parasse e bloqueou uma das pistas, segundo relatou o prefeito.
Moacyr Leite disse que o seu motorista desviou o veículo, quando percebeu que vinha um caminhão no sentido contrário. “Se fosse o caso, preferiria correr o risco de colidir frontalmente”. E de imediato ele aumentou a velocidade e foi ainda seguido por alguns quilômetros pelos criminosos, que não conseguiram alcançá-lo.
Já nas imediações de um posto de combustíveis localizado no município de Gandu o carro onde estava o prefeito parou em busca de proteção. Percebendo que não estava sendo mais seguido, concluiu a viagem para Salvador. A ocorrência foi registrada na Polícia Civil. “Dificilmente podemos relacionar este fato a crime político, porque a abordagem dos criminosos foi bem diferente disso. Cremos que foi tentativa de assalto ou mesmo sequestro. Foi assustador e nenhum cidadão tem segurança em qualquer local, principalmente nas estradas”, acentuou. *As informações são do blog do Pimenta

Doenças ligadas à falta de saneamento geram custo de R$ 100 mi ao SUS

Saneamento básico em Maceió
Carolina Gonçalves/Agência Brasil/Agência Brasil

As internações hospitalares de pacientes no Sistema Único de Saúde (SUS), em todo o país, por doenças causadas pela falta de saneamento básico e acesso à água de qualidade, ao longo de 2017, geraram um custo de R$ 100 milhões. De acordo com dados do Ministério da Saúde, ao todo, foram 263,4 mil internações. O número ainda é elevado, mesmo com o decréscimo em relação aos casos registrados no ano anterior, quando 350,9 mil internações geraram custo de R$ 129 milhões.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cada dólar investido em água e saneamento resultaria em uma economia de US$ 4,3 em custos de saúde no mundo. Recentemente, organizações ligadas ao setor privado de saneamento, reunidas em São Paulo, reforçaram a teoria da economia produzida por este investimento. Pelas contas do grupo, a universalização do saneamento básico no Brasil geraria uma economia anual de R$ 1,4 bilhão em gastos na área da saúde.

No mesmo evento – Encontro Nacional das Águas – os representantes das empresas apontaram que dos 5.570 municípios do país, apenas 1.600 têm pelo menos uma estação de tratamento de esgoto e 100 milhões de brasileiros ainda não têm acesso à tratamento de esgoto.

Atualmente, de acordo com o Instituto Trata Brasil, apenas 44,92% dos esgotos coletados no país são tratados. O Brasil tem uma meta de universalização do saneamento até 2033. Este objetivo previsto no Plano Nacional de Saneamento Básico, representaria um gasto de cerca de R$ 15 bilhões anuais, ao longo de 20 anos. E este é um dos desafios para os governantes a serem eleitos em outubro.

A reportagem da Agência Brasil visitou Maceió, capital de Alagoas, cidade onde o percentual de coleta de esgoto é 11 pontos percentuais inferior à media do país (51,9%).

Maceió

Quem chega a Maceió logo se deslumbra com azul do mar e a simpatia dos moradores. Mas, basta um olhar mais atento em direção oposta à praia para concluir que o deleite visual produzido pela natureza disputa espaço com canais de esgoto a céu aberto. O mais grave é que grande parte dos dejetos, que corre ao longo de rios e riachos e cruza diversos bairros da cidade, acaba desaguando no mar.

“Temos praias lindas, mas nós não usamos porque sabemos que são bem poluídas. Temos a Lagoa Mundaú, dentro da cidade, e correndo para ela que tem vários braços de rios e riachos que, inclusive passam por bairros nobres, e todos servem para despejo de dejetos e lixos das casas”, lamentou a advogada Rita Mendonça.

Alagoana e atuante em direitos humanos, Rita reconhece que foram feitos investimentos na área de saneamento, mas a população cresceu em velocidade desproporcional aos recursos aplicados. Outro alerta recai sobre a falta de conscientização dos próprios habitantes. “As pessoas jogam lixo nesses rios e riachos porque não podem esperar o lixeiro passar. E todos desembocam no mar”, lamentou.

A realidade para quem vive o dia a dia na capital alagoana tem reflexos que vão além da balneabilidade das praias urbanas. Na economia, famílias que já vivem em situações mais precárias e dependem da pesca do sururu correm o risco de terem a fonte de renda comprometida. Em 2014, o molusco, largamente encontrado nas regiões lacustres de Alagoas em função dos encontros de água doce e salgada, foi registrado como patrimônio imaterial do estado. Moradores, agora, relatam e lamentam a redução do volume pescado em decorrência da poluição da água.

Capital alagoana sofre com a falta de saneamento básico – Carolina Gonçalves/Agência Brasil

O comércio é também alvo do problema. Empresária e dona de uma loja de roupas no bairro da Jatiúca, Vanessa Taveiros, aponta para o esgoto que corre ao lado de um dos restaurantes mais badalados de Maceió. “Já foram feitas várias denúncias e nada é feito. Quando chove, tudo fica alagado, tem ruas aqui na Jatiúca que nenhum carro passa e os lojistas ficam sem vender porque fica tudo interditado”, disse.

Na saúde, os problemas relacionados ao saneamento aparecem em números de sete dígitos. Segundo o Ministério da Saúde, em todo o estado, ao longo de 2017, foram gastos mais de R$ 2,2 milhões com 5.183 internações no SUS de pacientes com doenças ligadas à falta de saneamento básico e acesso à água de qualidade. No mesmo ano, em todo o país, o total de gastos com este tipo de internação somou R$ 100 milhões.

O rol dessas doenças inclui desde diarreias e problemas dermatológicos até infecções mais graves, cólera, sarampo, além do agravamento de epidemias, já que a exposição do esgoto a céu aberto aumenta condições para a proliferação do mosquito transmissor de dengue, chikungunya e zika.

Maceió não é uma cidade planejada e é possível ver que o problema do saneamento afeta todas as classes econômicas. Algumas ruas começam na praia, como na Jatíuca, com prédios e casas visualmente de classe média alta, e terminam em trechos extremamente pobres. O despejo de lixo nos rios e riachos é feito por parte da própria população, mas também é parte dos alagoanos que lamenta os efeitos dessa prática.

“Não vou esquecer nunca. A gente saia da escola e vinha direto para a Praia da Avenida. Era aqui que passávamos os finais de semana com a família também. Agora é impossível”, lamentou o taxista, de 54 anos, que não quis se identificar. Segundo ele, até dejetos de um hospital foram lançados pelo canal que desemboca na praia que faz parte de seu imaginário.

A concessão dos serviços de saneamento é da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) que, em função do período eleitoral, preferiu não conceder entrevistas. Em nota enviada à Agência Brasil, assessores informaram que, dos 102 municípios do estado, a Casal opera em 77. Desses, 12 têm rede coletora de esgoto, incluindo Maceió. Em vários municípios do interior, existem obras de implantação de rede da Funasa e da Codevasf, que são órgãos federais. “Somente após a conclusão dessas obras é que os sistemas são entregues para a Casal operar”, destacaram os assessores.

De acordo com o Ministério das Cidades, estão previstos no orçamento investimentos da ordem de R$ 277 milhões para a capital alagoana. Esse total inclui desde abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e estudos e projetos. “Já foram concluídos 5 empreendimentos, no valor de R$ 76,5 milhões, beneficiando 83,8 mil famílias”, informou a assessoria do órgão.

Ainda diante de números produzidos pela pasta – divulgados pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) – em 2016, 96,2% da população de Maceió foram atendidas com rede geral de abastecimento de água e 40,3%, com coleta de esgoto, “independentemente de existir tratamento”. Com relação ao total da população representada pelos municípios que responderam ao SNIS no ano de referência, Maceió tem o índice de abastecimento de água superior à média do Brasil (93%) e índice de atendimento total de esgoto 11 pontos percentuais inferior ao do país (51,9%).

* Texto atualizado às 14h43. Diferentemente do informado, o custo necessário para universalizar o acesso é de R$ 15 bilhões por ano, e não R$ 15 milhões

Por Carolina Gonçalves – Repórter da Agência Brasil  Maceió

Cerca de 15 milhões contribuíram para o PIS/Pasep por 20 anos; saiba como sacar

A Caixa produziu um vídeo explicando, passo a passo, como efetuar o saque. Confira:

Criados em 1971, os fundos do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) funcionaram, por quase 20 anos, como uma poupança particular. A cada ano, o trabalhador tinha direito a receber o rendimento das cotas e podia sacar todo o crédito em caso de aposentadoria, doença grave ou ao completar 70 anos.

Os fundos vigoraram até 4 de outubro de 1988. Com a promulgação da Constituição, a arrecadação do PIS/Pasep passou a ser destinada ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que empresta a empresas do setor produtivo. O PIS é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada. O Pasep, aos servidores públicos.

No entanto, falhas na comunicação entre o governo, as empresas e os trabalhadores fizeram muitos não sacarem as cotas dos fundos, mesmo cumprindo os requisitos para a retirada. No ano passado, uma auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) identificou que 15,5 milhões de brasileiros tinham abonos do PIS/Pasep a receber.

Desde o ano passado, a promoção de campanhas reduziu pela metade o contingente de brasileiros que ainda não sacaram o benefício. Para zerar o passivo e injetar R$ 15,9 bilhões na economia, o governo publicou, no fim de agosto, a Medida Provisória 797, que reduziu as restrições para o saque e criou um calendário para a retirada.

Retirada

Na Caixa Econômica, os cotistas do PIS poderão fazer a retirada de três maneiras. Os pagamentos de até R$ 1,5 mil serão feitos nos caixas eletrônicos, digitando a Senha Cidadão, sem a necessidade de cartão bancário. Quem não tiver a senha pode obtê-la no seguinte endereço, bastando clicar em “esqueci a senha” e preencher os dados. Os saques de até R$ 3 mil podem ser feitos nos caixas eletrônicos, mas o cliente precisará usar o Cartão Cidadão e digitar a Senha Cidadão. Nas lotéricas e nos correspondentes bancários, o cotista poderá retirar o dinheiro, levando o Cartão Cidadão, a Senha Cidadão e algum documento oficial de identificação com foto. Acima desse valor, o beneficiário deverá ir a alguma agência da Caixa levando documento oficial com foto.

Em relação aos saques do Pasep, os cotistas com saldo de até R$ 2,5 mil sem conta no Banco do Brasil poderão pedir transferência para qualquer conta em seu nome em outra instituição financeira na página do banco na internet ou nos terminais de autoatendimento. Não correntistas com saldo acima desse valor ou herdeiros de cotistas falecidos deverão ir às agências.

Os clientes com dúvidas podem consultar as páginas da Caixa ou do Banco do Brasil. Por: Agência Brasil

A Caixa produziu um vídeo explicando, passo a passo, como efetuar o saque. Confira:

 

PIS/PASEP

Saiba o que faz um deputado federal

Os 513 integrantes da Câmara dos Deputados são eleitos a cada quatro anos. As vagas são divididas por estados e pelo Distrito Federal e definidas por lei complementar: vão de 8 a 70, conforme o tamanho da população local. Mas o que faz um deputado federal? Como representante do povo, esse parlamentar tem duas atribuições principais, estabelecidas na Constituição: legislar e fiscalizar.

O deputado pode propor novas leis e sugerir a alteração ou revogação das já existentes, incluindo a própria Constituição. As propostas são votadas pelo Plenário – ou pelas comissões, quando for o caso. Qualquer projeto de iniciativa do Executivo passa primeiro pela Câmara, antes de seguir para o Senado. Cabe ainda aos parlamentares discutir e votar medidas provisórias, editadas pelo governo federal. Nem todas as propostas são votadas no Plenário: muitas são decididas nas comissões temáticas da Casa.

Compete aos integrantes da Câmara dos Deputados, juntamente com os senadores, por exemplo, discutir e votar o orçamento da União, assim como fiscalizar a aplicação adequada dos recursos públicos. É durante a análise da proposta orçamentária que os deputados apresentam emendas que destinam verbas para a realização de obras específicas em seus estados e municípios. Os parlamentares também examinam o planejamento plurianual do governo federal e as diretrizes para o orçamento do ano seguinte.

Relação com o Executivo
Os congressistas também têm a obrigação de controlar os atos do presidente da República e fiscalizar as ações do Executivo. A Constituição estabelece ainda que somente a Câmara tem poderes para autorizar a instauração de processo contra o presidente e o vice-presidente da República. Compete ainda aos deputados federais eleger dois dos integrantes do Conselho da República, órgão superior de consulta do presidente.

Os parlamentares podem convocar ministros de Estado para prestar informações, assim como têm a atribuição de julgar as concessões de emissoras de rádio e televisão e a renovação desses contratos.

Direitos específicos
Entre as prerrogativas do cargo de parlamentar, consta o direito de não ser preso, a não ser em flagrante de crime inafiançável. Deputados e senadores também são invioláveis por suas opiniões, palavras e votos, conforme a Constituição. Da mesma forma, não são obrigados a testemunhar sobre informações recebidas ou prestadas em razão do mandato, nem sobre as pessoas que lhes passaram tais dados.

Além disso, os parlamentares têm foro privilegiado e os processos contra eles só podem ser julgados no Supremo Tribunal Federal (STF). A intenção dos constituintes ao conferir esses direitos aos integrantes do Legislativo foi assegurar a liberdade no exercício do mandato.

Ainda pode perder a vaga na Câmara o deputado que faltar, sem justificativa, a 1/3 das sessões ordinárias de cada sessão legislativa ou sofrer condenação criminal em sentença transitada em julgado. O cidadão pode consultar no portal da Casa informações, como a presença em plenário, sobre os parlamentares.

Código de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara estabelece uma série de outras condutas passíveis de levar à perda do cargo. Receber vantagens indevidas em função da atividade, atrapalhar o andamento do trabalho legislativo ou fraudar resultado de votações estão entre elas.Da Redação – ND
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência Câmara Notícias‘ 

Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil decide apoiar Bolsonaro contra PT

A entidade evangélica optou por se posicionar no embate político ao constatar a polarização da disputa entre o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e o capitão da reserva

Fotos: Ricardo Stuckert/Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados/edição bahia.ba

A Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil anunciou o apoio à candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República, segundo a coluna Painel do jornal Folha de S.Paulo.

A entidade evangélica, contrária ao PT, optou por se posicionar no embate político ao constatar a polarização da disputa entre o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e o capitão da reserva.

À publicação, o bispo Robson Rodovalho, que comanda 1,5 milhão de fiéis à frente da entidade e da Igreja Sara Nossa Terra, disse que, com “a divisão entre direita e esquerda, não dá mais para ficar em cima do muro”. Em 2012, o religioso apoiou Haddad nas eleições.

PSB expulsa prefeita ‘bolsonarista’ de Pernambuco

Gestora ainda foi punida por aderir à campanha do principal adversário do candidato à reeleição Paulo Câmara (PSB), na corrida pelo governo pernambucano

Foto: Reprodução/ Instagram

O PSB no estado de Pernambuco expulsou do partido a prefeita da cidade de Panelas, localizada a 180 km do Recife, Joelma Campos, por ter declarado voto no candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro.

A gestora ainda foi punida por aderir à campanha de Armando Monteiro (PTB) principal adversário do governador e candidato à reeleição Paulo Câmara (PSB), na corrida pelo governo pernambucano.

Joelma participou nesta terça-feira de um ato político em apoio, além de Armando e Bolsonaro, aos candidatos a senador Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB) também da chapa do petebista.

A decisão de expulsar Joelma do partido menos de 24 horas depois do ato político, obedece, conforme a Executiva Estadual do PSB, a resolução do congresso nacional do partido realizado em agosto, que aprovou o apoio às candidaturas de centro-esquerda nas eleições

“Considerando a decisão da prefeita, que desrespeita a deliberação do nosso congresso, e a importância do respeito à fidelidade partidária e aos compromissos históricos do PSB, nosso partido não poderia se omitir diante dessa posição”, disse por meio de nota o presidente Estadual do PSB, Sileno Guedes.

MPF denuncia prefeita e vice por fraude de R$ 16 milhões em transporte escolar

Denúncia é resultado de investigações feitas durante a Operação Gênesis, deflagrada em agosto do ano passado

Foto: Rogerio Naba/ Divulgação

A Justiça Federal recebeu a denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF) contra 12 pessoas, entre servidores públicos e empresários de Porto Seguro, no extremo sul da Bahia, por fraude à licitação, falsidade ideológica, organização criminosa e pelo desvio de R$ 16 milhões em recursos destinados ao transporte escolar do município. A denúncia é resultado de investigações feitas durante a Operação Gênesis, deflagrada em agosto do ano passado.

A prefeita de Porto Seguro, Claudia Silva Santos Oliveira, o vice-prefeito, Humberto Adolfo Gattas Nascif Fonseca Nascimento, e o atual prefeito de Eunápolis, José Robério Batista de Oliveira foram denunciados pelo MPF, mas perante o Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em virtude de terem foro privilegiado.

Segundo a ação do MPF, de julho deste ano, para a prática dos crimes, os membros da organização falsificavam documentos e corrompiam agentes públicos, entre eles os gestores dos municípios de Porto Seguro e Eunápolis.

Conforme o Ministério Público Federal, o valor desviado foi de, no mínimo, R$ 16 milhões provenientes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), com complementação da União e do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate), desde 2013.

A Coletivos União venceu o Pregão Presencial nº 006/2013, para a prestação do serviço de transporte escolar. Entretanto, a empresa, administrada pelo filho, pela esposa e pelo próprio servidor responsável pela fiscalização do contrato, João Batista Pires Caires, foi a única concorrente na licitação e não possuía o número de veículos necessários para a realização do serviço.

Além disso, dois dias antes de os sócios da empresa terem acesso ao edital da licitação, que exigia o capital social mínimo de R$ 800 mil dos concorrentes, a empresa aumentou o seu respectivo capital de R$ 200 para R$ 900 mil, a fim de atender a exigência do edital e vencer a “competição”. Após o contrato inicial, a fraude passou a se expandir com a criação de novas rotas de transporte escolar, prorrogações de prazos e alterações no valor do contrato, sendo aumentado em 23% desde o acordo inicial.

O suposto desvio de verbas ocorria por meio do superfaturamento do contrato: ao receber os recursos da prefeitura, a empresa subcontratava motoristas – muitos deles indicados por vereadores – por menos da metade do valor pago pelo município. De acordo com o valor de mercado, a quantia anual para os motoristas atenderem as linhas de transporte escolar seria de R$ 3.853.736,40.

Contudo, o valor contratado pela prefeitura foi de R$ 8.287.998,40, com o superfaturamento de 115,06%. Os recursos desviados favoreciam os membros da organização criminosa, especialmente o líder do esquema, José Ribeiro de Almeida Filho (mais conhecido como Zé Filho), e seus familiares, o que ficou comprovado após a quebra de sigilo bancário e as buscas e apreensões realizadas.

O MPF denunciou José Ribeiro de Almeida Filho, Roberto Magno Cordeiro, Roberto Magno Cordeiro Júnior, Jhonatan Pacanha Pires Caires, Thiago Guimarães Marim, Raphael Guimarães Marim, João Batista Pires Caires, Diva Antônia Pacanha Caires e Caroline Lima Almeida Caires, por formação de organização criminosa, falsidade ideológica, fraude à licitação, prorrogação ilegal de contrato, peculato e corrupção ativa. Nilvan de Jesus Rusciolelli foi denunciado por fraude à licitação e corrupção passiva; e Cleber Silva Santos por prevaricação. A Justiça não aceitou a denúncia contra o então procurador-geral do município, Hélio José Leal Lima.

Na decisão que recebeu a denúncia, a Justiça determinou o afastamento de João Batista Pires Caires (servidor responsável pela fiscalização do contrato), Cléber Silva Santos (controlador-geral do município) e Nilvan de Jesus Rusciolelli (técnico contábil da prefeitura) dos cargos ocupados na prede Porto Seguro, além da proibição de frequentarem órgãos ou setores do município, bem como, de nova nomeação para quaisquer funções públicas nos poderes Executivo e Legislativo municipais. Além disso, determinou a apreensão de todos os veículos utilizados pelos réus para serem leiloados.

A partir de agora, os réus serão citados pela Justiça Federal para que apresentem resposta à acusação, no prazo de 10 dias após citação.

Por-Bahia.Ba

Suspeito de assalto a carro-forte morre em confronto com a polícia

Segundo a SSP, R$ 177 mil levados pela quadrilha foram recuperados e 600 kg de maconha foram apreendidos

Foto: Divulgação/SSP

Um homem suspeito de participar do assalto a um carro-forte, no sudoeste da Bahia, morreu em uma troca de tiros com policiais civis e militares, na tarde de quarta-feira (19), no município de Livramento de Nossa Senhora.

O ataque ao carro-forte aconteceu na segunda-feira (17), em um trecho da BR-116, na cidade de Boa Nova. Na ação, um segurança morreu e outros dois ficaram feridos.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o confronto que terminou com a morte de um dos suspeitos do crime ocorreu durante uma operação para prender a quadrilha responsável pelo assalto. Um outro suspeito foi preso. Os outros integrantes do grupo conseguiram fugir e são procurados pela polícia.

A polícia recuperou R$ 177 mil levados pelo grupo e 600 kg de maconha foram apreendidos. Ainda segundo a SSP, com o grupo, também foram encontrados explosivos, munição de fuzil, uma pistola, e um caminhonete modelo Hylux.

Participaram da operação efetivos das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipes) Sudoeste, Chapada, Litoral Norte e Central, além do Grupamento Aéreo (Graer), do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), das Rondas Especiais (Rondesp) Sudoeste e da 46ª CIPM (Livramento de Nossa Senhora). Por-Bahia.Ba