Wagner diz que Rui ainda não fechou, mas cita Coronel como candidato

Wagner diz que Rui ainda não fechou, mas cita Coronel como candidato

Os arranjos para a definição da chapa que concorrerá às eleições de outubro ao lado do governador Rui Costa (PT) seguem a pleno vapor, mas a clareza da demarcação dos nomes tem More »

Wagner sobre ausência do PCdoB em forró: ‘Eu confesso que não entendi’

Wagner sobre ausência do PCdoB em forró: ‘Eu confesso que não entendi’

O ex-governador Jaques Wagner (PT), em conversa com o bahia.ba nesta terça-feira (19), se disse surpreso com a ausência da cúpula do PCdoB no “forró” do governador Rui Costa (PT) ocorrido na segunda (18). “Eu confesso More »

Fora de chapa, Lídice não vai a forró dos aliados

Fora de chapa, Lídice não vai a forró dos aliados

Derrotada na disputa pela última vaga na chapa majoritária liderada pelo governador Rui Costa (PT), a senadora Lídice da Mata (PSB) não irá ao forró dos aliados do petista na noite desta More »

Saques do PIS/Pasep colocarão R$ 34,3 bilhões na economia

Saques do PIS/Pasep colocarão R$ 34,3 bilhões na economia

A partir de hoje (18), os brasileiros com mais de 57 anos, que são titulares de contas inativas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do More »

Orlando Tapajós morre aos 85 anos

Orlando Tapajós morre aos 85 anos

Morreu neste domingo (17), aos 85 anos, o construtor de trios elétricos Orlando Campos de Souza, conhecido como Orlando Tapajós. Ele estava internado no Hospital Teresa de Lisieux, no bairro do Itaigara, More »

 

PT prepara campanha contra TSE caso candidatura de Lula seja barrada

Foto: Divulgação

A direção do PT está preparando uma campanha contra o TSE caso o tribunal venha a barrar a candidatura de Lula ao Planalto. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, o partido começou a levantar casos de candidatos que disputaram eleições com registros indeferidos e depois, escolhidos pelo voto, reverteram a inelegibilidade.

O estudo está sendo conduzido pelo advogado Luiz Fernando Pereira, usando dados a partir de 2002. O PT sabe que será difícil conseguir apoio à causa.

Luiz Argôlo pede para parcelar dívida com a Lava Jato em 152 vezes

Por: Reprodução

O ex-deputado Luiz Argôlo propôs à Justiça Federal no Paraná parcelar a dívida com a Lava Jato, de R$ 1.952.691,30, em 152 meses. Condenado há 12 anos e oito meses por corrupção passiva e lavagam de dinheiro, o baiano tem de pagar R$ 1.323.597,62 por reparação do dano e multa de R$ 629.093,68.

Argôlo foi preso em 10 de abril de 2015 e, até dezembro do ano passado, estava preso no Complexdo Médico-Penal, em Pinhais, Curitiba. Atualmente, ele está em regime fechado em Salvador. A informação é do jornal O Estado de S.Paulo.

Um porto minado pela corrupção

Ary Filgueira e Tábata Viapiana

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT), quem diria, foi parar na mais alta corte comercial da Inglaterra, a Queen’s Bench Division Commercial Court. É mais um capítulo da polêmica obra do Porto Sul, um complexo formado por porto e ferrovia, que está sendo construído em Ilhéus (BA), iniciado por Wagner e que prossegue no atual governo do também petista Rui Costa. A obra vem sendo contestada por ambientalistas, pois desmatará 500 hectares de Mata Atlântica. Na corte inglesa, discute-se como, em um único dia, reverteu-se um parecer do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) que reprovava o empreendimento. Existem veementes indícios de pagamento de propina tendo como endereço os aveludados bolsos do petista.

MAQUETE O Porto Sul ainda está em fase de construção, mas empreendimento já é alvo de polêmica na Bahia (Crédito:Divulgação)

O início da história do Porto Sul remete a 2007, quando o bilionário indiano Pramod Argawal resolveu desenvolver o projeto Pedra de Ferro, ou Porto Sul, para extrair minério de ferro no município de Caetité e levá-lo até Ilhéus, pela estrada de ferro. O objetivo da empresa privada seria alcançado com a ajuda de recursos públicos. O então governador da Bahia, Jaques Wagner, conseguiu que a obra fosse incluída no Plano de Aceleração e Crescimento (PAC).

Mas só os recursos públicos não eram suficientes. Era preciso vencer a burocracia que emperrava os planos do magnata indiano. Um deles era a recusa do Ibama em emitir a licença de instalação do porto. É aí que a resistência do Ibama é resolvida por um passe de mágica. No início do dia 19 de setembro de 2014, técnicos do Ibama negaram a autorização da licença de instalação da obra.

No final desse mesmo dia, o consórcio conseguiu permissão dada de forma misteriosa pelo presidente do órgão na época, Volney Zanardi Junior. Para o diretor da SOS Mata Atlântica, Mário Mantovani, Jaques Wagner agiu no episódio como um verdadeiro coronel no Sul da Bahia, para conseguir autorização para a obra. “Ele reclamava tanto de Antônio Carlos Magalhães que agiu de forma semelhante”, comparou, referindo-se a No dia 20 de fevereiro, na Queen’s Bench Division Commercial Court, os advogados da ENRC alegaram que não pagaram a parcela porque descobriram que a licença de instalação do Porto Sul foi conseguida com pagamento de propina.

E um dos beneficiados seria Jaques Wagner. Um fato que corrobora a suspeita é o número de contatos telefônicos entre o indiano e o ex-governador. Segundo os advogados, foram feitas quatro ligações para o telefone de Wagner às vésperas da saída da licença. Wagner defende-se das acusações. Nega qualquer vantagem pessoal. Em nota enviada por sua assessoria, ele afirma que “tanto o porto como a ferrovia são essenciais para o desenvolvimento da Bahia, do Nordeste e do Brasil”.

Na próxima terça-feira 22, representantes do Ibama terão reunião em Ilhéus com o Ministério Público Federal e integrantes da sociedade civil para tratar do caso. Este é mais um enredo obscuro que envolve o petista. Ele chegou a ser cotado para substituir Lula na disputa pela Presidência, mas até o PT já abandonou o barco do ex-governador. Antes solução, Jaques Wagner virou um porto de problemas.o ex-senador e coronel baiano, falecido em 2007.

Exatamente pelas suspeitas em torno da reviravolta no Ibama é que esse episódio foi parar na Corte inglesa. Sócia do indiano no Porto Sul, a Eurasian Natural Resources Corporation (ENRC) cogitava comprar a totalidade do empreendimento. Uma última parcela, de US$ 220 milhões, seria paga somente se Pramod Argawal conseguisse a licença do Ibama. Ele conseguiu, mas não evitou que o caso fosse parar na Justiça inglesa.

(Fonte: https://istoe.com.br)

Itapetinga: Sandro Régis recebe apoio de Dr. Jose Otavio

Foto: Ascom/Deputado Sandro Régis

O Deputado Estadual Sandro Régis (DEM) vem confirmando o crescimento de apoios a sua reeleição, são muitos políticos que deposita sua confiança nas ações deste deputado que se consolida como o politico mais presente no interior do estado, a prova é que a cada dia prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e ex-vereadores se unem a Sandro fortalecendo assim, não só sua candidatura mas também a do Pré-candidato ao Governo o ex-prefeito de Feira de Santana José Ronaldo, Desta fez Sandro recebe apoio de Dr. Jose Otávio, do vice prefeito Renan Pereira, dos vereadores Bahia, Anderson da Nova e da vereadora Naara Duarte; “Estou colhendo os frutos que plantei, sempre ao lado destas pessoas ajudando em suas demandas em prol do povo interiorano, trazendo recursos para Saúde, Educação, Segurança e sempre disponibilizando nosso Gabinete na Alba para ajuda-los no que for preciso, creio que com a vitória do nosso candidato José Ronaldo vamos ter condições para fazer muito mais pelo nosso povo sofrido do interior da Bahia” Finalizou Sandro. “Iu-Ipiauurgente”

Gilmar Mendes manda soltar mais quatro presos na Operação Rizoma

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes mandou soltar nesta sexta-feira (18) mais quatro investigados que foram presos na Operação Rizoma, da Polícia Federal (PF), deflagrada no mês passado, no Rio de Janeiro. Pela decisão do ministro, todos estão proibidos de deixar o país sem autorização da Justiça, de manter contatos com outros investigados e devem entregar o passaporte em 48 horas.

Com a decisão, serão libertados os investigados Ricardo Siqueira Rodrigues, Carlos Alberto Valadares Pereira, Adeilson Ribeiro Telles e Marcelo Borges Sereno. Todos são acusados de participação em desvios nos fundos de pensão Postalis, dos Correios, e Serpros, do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

A prisão dos envolvidos foi determinada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal no Rio de Janeiro. Segundo as investigações, valores oriundos dos fundos de pensão eram enviados para empresas no exterior, gerenciadas por um operador financeiro. As remessas, apesar de aparentemente regulares, referiam-se a operações comerciais e de prestação de serviços inexistentes.

Ainda segundo a PF, depois de receber os recursos desviados, o operador financeiro pulverizava o dinheiro em contas de doleiros também no exterior, e eles disponibilizavam os valores em espécie no Brasil para suposto pagamento de propina.

Na terça-feira (15), Mendes também mandou soltar o empresário Milton Lyra, outro investigado na operação.
(Por: Bahia.Ba)

Deputados do PSDB rejeitam vaga de vice em eventual chapa com Ronaldo

Foto: Divulgação

A vaga de candidato a vice-governador é mais que indefinida na oposição. Se a cabeça de chapa está entre José Ronaldo (DEM) e João Gualberto (PSDB), o espaço não é bem quisto nos dois maiores partidos da possível coligação. Pelo lado tucano, por exemplo, Gualberto não aceitaria ser vice de Ronaldo e nem os outros dois deputados federais da legenda.

Pré-candidato ao Senado, Jutahy Junior, é mais que certo no pleito à Câmara Alta do Congresso nacional. Já Imbassahy, que seria o nome viável para a majoritária, também rejeitou. “Não é questão de aceitar ou não. Tenho um projeto na Câmara. Minha proposta é de reeleição”, disse, ao Bahia Notícias, logo após as duas siglas fecharem unificação.

Imbassahy, no entanto, elogiou a união. “Acho que é necessária para aqueles que querem um rumo para a Bahia. É um estimulo muito grande, perspectiva de vitória eleitoral”, completou. Sem espaço para nomes graúdos dos dois partidos, a vaga pode ficar para PTB ou PRB. Taíssa Gama (PTB), filha de Benito Gama, e a vereadora Ireuda Silva (PRB), são cogitadas.

Águia de Haia: Justiça bloqueia R$ 12 milhões de Angela Sousa, Ubaldino e mais 10

Foto: Montagem BN

A Justiça Federal ordenou o bloqueio de R$ 12,3 milhões dos deputados estaduais Carlos Ubaldino e Angela Sousa, ambos do PSD, e outras 10 pessoas, todas rés no âmbito da Operação Àguia de Haia, que investiga desvio de recursos federais para a Educação em municípios baianos. A indisponibilidade dos bens, decretada nos meses de janeiro e abril deste ano, foi feita no âmbito das apurações de irregularidades nas verbas para a área na cidade de Buerarema, interior do estado. A Corte atendeu pedido feito pelo Ministério Público Federal (MPF) em Ilhéus/Itabuna, que investiga junto com a Polícia Federal o esquema criminoso com atuação em prefeituras baianas.

Segundo as ações de improbidade e penal, ajuizadas em dezembro e março últimos pelo procurador da República Tiago Modesto Rabelo, o então prefeito de Buerarema firmou contrato de R$ 2,2 milhões com a empresa Ktech Key Technology Gestão e Com de Software Ltda para a prestação dos serviços referidos, com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). No entanto, as investigações comprovaram que a licitação foi fraudada, por meio da simulação da licitação.

Com crise, número de jovens que nem estudam nem trabalham cresce 5,9% em 2017

Foto: Divulgação

Com o desemprego gerado pela recessão, aumentou o número de jovens que nem estudam nem trabalham, na comparação de 2017 com 2016. A parcela da população de 15 a 29 anos que não estava empregada nem estudava cresceu de 21,8% do total, em 2016, para 23,0%, no ano passado, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (18). De um ano para o outro, houve um aumento de 5,9% nesse contingente, o que equivale a mais 619 mil pessoas nessa condição, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua).

“Tem uma questão de momento econômico”, disse Marina Águas, analista da Coordenação de Trabalho e Rendimento do IBGE. Só que o momento econômico ruim atinge homens e mulheres de forma diferente. Na análise segundo o sexo, 17,4% dos homens de 15 a 29 anos não estavam ocupados, nem estudando ou se qualificando, enquanto 28,7% das mulheres na mesma faixa etária estavam nessa condição.

Assim como em outros recortes da Pnad divulgados ano passado, os dados anunciados nesta sexta-feira mostram que os afazeres domésticos e os cuidados com os filhos seguiam como um dos principais motivos para as mulheres não estudarem. Considerando a população de 15 a 29 anos que não estuda nem havia concluído o ensino superior, os cuidados domésticos foram o segundo motivo mais citado pelas mulheres, com 24,2%, para estar nessa condição. O motivo mais citado pelas mulheres foi o fato de estar trabalhando ou procurando emprego, com 28,9%.

Entre os homens, o trabalho é o motivo mais citado, com 49,4%, enquanto a necessidade de se dedicar a afazeres domésticos ou cuidar de crianças e idosos aparece com apenas 0,7%. Os dados corroboram um recorte da Pnad divulgada no fim do ano passado que mostrou que as mulheres trabalham quase o dobro de horas que os homens cuidando da casa ou de pessoas da família. A média de horas dedicadas a essas tarefas no Brasil era de 16,7 horas por semana em 2016, mas as mulheres trabalhavam 20,9 horas semanais, contra apenas 11,1 horas para os homens.
por Vinicius Neder | Estadão Conteúdo

4º BPM treina policias para lidar com violência doméstica

Foto: Divulgação SSP
Todos os 340 policiais da companhia receberam treinamento em horário integral, durante três semanas, ministrado por oficiais da Operação Ronda Maria da Penha.

O 4º Batalhão de Polícia Militar (Alagoinhas) capacitou, junto a Operação Ronda Maria da Penha, durante três semanas em horário integral, todos os policiais da unidade – inclusive os alunos de formação para soldados – para lidar com situações de violência contra a mulher. Na noite de quinta-feira (17), houve a solenidade de conclusão do treinamento, com a presença da major Denice Santiago, comandante da Operação Ronda Maria da Penha (ORMP).

Foto: Divulgação SSP

“Notamos o registro de muitas ocorrências de violência doméstica na nossa área de atuação e então resolvemos trazer um novo olhar para nosso efetivo, a partir dos conhecimentos ministrados pela Operação Ronda Maria da Penha”, declarou o comandante do 4º BPM, tenente-coronel Jarbas Carvalho de Oliveira Júnior, garantindo que, desta forma, “nosso pessoal pode melhor executar este trabalho específico em relação à mulher”.

Foto: Divulgação SSP

A comandante da ORMP, major Denice Santiago, revela que esta é a primeira unidade policial a ter todos os integrantes capacitados nesta área. “É um trabalho novo que a gente vem apostando e que busca promover essa interação com os batalhões. Alagoinhas foi a primeira unidade a abraçar o projeto”, disse.

Foto: Divulgação SSP
Todos os 340 policiais da companhia receberam treinamento em horário integral, durante três semanas, ministrado por oficiais da Operação Ronda Maria da Penha.

Observou ainda que, após a formação, os policiais já estão preparados para lidar com situações de agressão doméstica. “Nosso trabalho passa pela sensibilização, contribuindo para que o efetivo do 4º BPM, com 340 pessoas, passe a lidar com essas mulheres de forma mais técnica e humana”, ressaltou.
Fonte: Ascom / Natália Verena

Câmara rejeita projeto de titulo de cidadania para o ex-prefeito José Mendonça

Foto: Divulgação

Com a ausência de quatro vereadores  e uma abstenção,  o plenário da Câmara Municipal de Ipiaú rejeitou por cinco votos contra três( 5 X 3) o Projeto de Resolução nº 008/2018, da autoria do vereador Lucas Louzado dos Santos-PSD- que objetivava conceder o titulo de “Cidadão Ipiaúense”, ao empresário , ex-prefeito e ex-vereador José Andrade Mendonça. A votação “em primeira discussão”, aconteceu na sessão ordinária que a Câmara realizou na noite dessa quinta-feira , 17 de maio, sob a presidência do  vereador Josenaldo de Jesus.

Votaram pela rejeição os vereadores  Erivaldo Carlos(Pery)-PP-, Simone Coutinho-PMDB-, Emerson Fite -PMDB-, Lucas de Jesus-PMDB- e Jean Kleber- PTdoB-. Favoráveis à aprovação do projeto se posicionaram  os vereadores Claudio Nascimento-PSD-, Josenaldo de Jesus (Jô da AABB)-PP- e  Lucas Louzado, também conhecido como “Lucas de Vavá”, o autor da matéria. A abstenção se deu por intermédio do vereador Robson Moreira -DEM-. Não compareceram à sessão, com as devidas justificativas, os vereadores José Carlos Bispo dos Santos(Carlinhos)-PP-, presidente titular da Câmara, Orlando Santos-PT-, San de Paulista e Andréia Novaes- PMDB-

 INÉDITO

Foi a primeira vez em sua historia que a Câmara Municipal de Ipiaú rejeita um Projeto de Resolução com o objetivo de conceder titulo de cidadania a uma personalidade que comprovadamente prestou relevantes serviços ao município. A rejeição se deu na primeira discussão  e  foi capitaneada pelo vereador Erivaldo Carlos (Pery) que ocupou a Tribuna da Câmara para argumentar os motivos do seu posicionamento, embora, a exemplo dos demais vereadores que se pronunciaram, tivesse reconhecido as qualidades de José Mendonça como gestor municipal. Na mesma sessão foram aprovados “em redação final” os projetos de Resolução que concede títulos de cidadania ipiauense ao mecânico Francisco Alves de Souza e à professora  Maria da Conceição Moreira de Mesquita(Ciça).O primeiro é da autoria do vereador Erivaldo Carlos e o segundo foi proposto pelo vereador Robson Moreira. Na “Ordem do Dia”, dessa 12ª sessão ordinária da Câmara de Ipiaú no atual período legislativo também foi submetido à primeira votação o Projeto de Resolução nº 007/2018, da autoria do vereador Erivaldo Carlos, que propõe a concessão da Comenda Altino Cerqueira ao ex-prefeito  José Borges de barros Junior,  o popular “Zequinha Borges”. (ASCOM/Câmara de Ipiaú).