Ciro chama promotora de ‘filho da puta’ e PDT pede ponderação

Ciro chama promotora de ‘filho da puta’ e PDT pede ponderação

O presidenciável Ciro Gomes se referiu, sem saber que era uma mulher, uma promotora de São Paulo de “filho da puta”, após ter sido aberta contra ele uma investigação por injúria racial. More »

Sem Lula no páreo, Rui defende candidato de outro partido e Wagner vice

Sem Lula no páreo, Rui defende candidato de outro partido e Wagner vice

O governador Rui Costa voltou a defender que o PT tenha um candidato de um partido da base aliada na corrida ao Palácio do Planalto nas eleições de outubro, caso o ex-presidente More »

MP investiga licitação para compra de peixes na gestão do ex-prefeito Deraldino

MP investiga licitação para compra de peixes na gestão do ex-prefeito Deraldino

O Ministério Público do estado da Bahia abriu um inquérito civil para investigar supostas irregularidades no procedimento licitatório Carta Convite nº 001/2016, realizado pelo município de Ipiaú, no valor de R$ 78.960,00 More »

Vereadores de partidos ligados a Rui declaram apoio a José Ronaldo

Vereadores de partidos ligados a Rui declaram apoio a José Ronaldo

Liderados pelo vereador Lukas Paiva (PSB), 12 vereadores de Ilhéus declaram apoio ao pré-candidato ao governo do estado pelo Democratas, José Ronaldo. O acordo foi selado na tarde desta segunda-feira (16), em More »

Safra baiana cresce e produção de grãos bate recorde em 2018

Safra baiana cresce e produção de grãos bate recorde em 2018

Os produtores da Bahia têm muito a comemorar. O estado está colhendo safra recorde de grãos em 2018: são 9,7 milhões de toneladas, segundo o boletim mais recente da Companhia Nacional de More »

 

Homem tenta comprar celular na OLX com cédulas falsas e acaba preso em Salvador

Por: Divulgação

Um homem foi preso nesta sexta-feira (16) pelo 18° Batalhão de Polícia Militar do Centro Histórico após tentar comprar um celular anunciado no site OLX com cédulas falsas.

De acordo com a polícia, Thiago Limeira dos Santos estava com dez notas falsas de cem reais e pagaria R$ 500,00 pelo aparelho.

O encontro foi marcado pela dona do smartphone no Shopping Piedade. Quando a venda foi concretizada ela percebeu que as cinco notas estavam com o mesmo número de série, sendo que cada uma deveria conter sua numeração exclusiva. A jovem saiu do estabelecimento e pediu apoio a uma viatura do 18° BPM que patrulhava na região.

Em seguida, os militares localizaram Thiago e com ele foram encontrados o celular e cinco notas falsas. O criminoso foi apresentado na Polícia Federal.

Por Redação: BNews

Motorista do Uber é assassinado no bairro do Cabula

Por: Reprodução

Um motorista do Uber foi assassinado na noite desta sexta-feira (16), no bairro do Cabula, em Salvador. A identidade da vítima ainda não foi confirmada nem as circunstâncias do crime, mas já se sabe que ele era motorista do aplicativo.

Multas ambientais vão bancar recuperação da bacia do São Francisco

Foto: Reprodução / Águas do Brasil.org

Nesta sexta-feira (16), o Ibama publicou no Diário Oficial da União uma instrução normativa que regulamenta como funcionará o programa de conversão de multas. As regras preveem que a matriz do órgão, em Brasília, dará a palavra final sobre quais iniciativas serão financiadas com a conversão de multas.

O objetivo é evitar conflitos de interesse entre superintendências do órgão nos Estados. A Petrobrás, que concentra um dos maiores passivos de multas já aplicadas pelo Ibama, já sinalizou interesse em aderir ao programa.

O Ibama não comenta o assunto, mas a expectativa é de que cerca de R$ 300 milhões da petroleira possam ser aplicados em programas de recuperação do São Francisco. A escolha dos rios como destino do programa de conversão está atrelada à prioridade dos programas encampados pelo Ibama, que voltará sua atenção neste ano a ações para conter a crise hídrica.

 A empresa que aderir à conversão de multas tem como incentivo um desconto de 60% em relação ao valor total da punição. Dessa forma, o Ibama espera atrair um maior número de interessados e evitar a judicialização interminável que toma conta desses processos. Há casos de multas que tramitam há 15 anos na Justiça, sem conclusão.

Entre 2011 e 2016, o total de multas aplicadas pelo Ibama chegou a R$ 23 bilhões. Desse montante, apenas R$ 604,9 milhões foram efetivamente pagos, o que corresponde a 2,62% do total. O Ibama aplica cerca de 8 mil multas por ano, somando aproximadamente R$ 4 bilhões anuais de punições. Os pagamentos, em média, nunca ultrapassam 4% desse valor.

por André Borges | Estadão Conteúdo

Temer assina decreto e institui intervenção no Rio até 31 de dezembro

Por: BNews

O presidente Michel Temer assinou nesta sexta-feira (16), no Palácio do Planalto, decreto de intervenção na segurança pública no Estado do Rio de Janeiro até o dia 31 de dezembro de 2018.

“Vocês sabem que o crime organizado quase tomou conta do Estado do Rio. É uma metástase que se espalha pelo país e ameaça a tranquilidade do nosso povo. Por isso, acabamos de decretar a intervenção federal na área da segurança pública. Vocês sabem que eu tomo essa medida extrema porque as circunstâncias assim desejam”, disse o presidente, em seu discurso.

“O governo dará respostas duras, firmes e necessárias para derrotar o crime organizado e as quadrilhas. Não podemos aceitar a morte de inocentes. É intolerável que nós estejamos enterrando mães e pais de famílias, policiais, jovens e crianças, vendo bairros inteiros sitiados, sob a mira de fuzis, com avenidas transformas em trincheiras”, prosseguiu Temer.

Ele ainda destacou que a decisão foi tomada em conjunto com o governo fluminense. “A intervenção foi construída em diálogo com o governador Pezão, e nomeei como interventor o general Walter Souza Braga Netto, do Comando Militar do Leste (CML)”, explicou Michel Temer.

(Por-Noticias ao minuto)

Saiba o que muda com a intervenção federal na Segurança do Rio

© Ricardo Moraes/Reuters

A intervenção federal prevista na Constituição do país é acionada apenas para resolver situações graves envolvendo os Estados. Ela ocorre quando há a necessidade de “manter a integridade nacional”, “repelir invasão estrangeira ou de uma unidade da federação em outra”, garantir o cumprimento de leis federais e decisões judiciais, reorganizar as finanças de estados em situação de grave inadimplência e “pôr termo grave comprometimento da ordem pública”.

Como explica o ‘Globo’, a intervenção aprovada em uma reunião do presidente Michel Temer com o governador do estado Luiz Fernando Pezão, ministros e presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Eunício Oliveira, na noite desta quinta-feira (15), ainda não foi detalhada. Espera-se, no entanto, que a medida seja para restabelecer a ordem pública, visto que o encontro entre os políticos era para buscar formas de combater a violência no Rio.

O decreto que será emitido pelo governo federal precisará detalhar “a amplitude, o prazo e as condições de execução” da intervenção, segundo a Constituição nacional. Após publicado o texto pelo Palácio do Planalto, o presidente do Senado tem 24 horas para convocar o Congresso Nacional para que o Legislativo vote a proposta. Somente o Congresso pode aprovar ou suspender a medida.

Se a intervenção federal for aprovada, o parlamento não poderá aprovar quaisquer propostas de emendas constitucionais enquanto ela estiver em vigor. Isto quer dizer que a pauta legislativa do Planalto ficará vinculada à duração da medida no Rio. A Reforma da Previdência, por exemplo, não poderá ser votada enquanto a intervenção federal estiver em vigor.
Por: Noticias ao minuto

Em depoimento à PF, Joesley diz ter feito gesto de ‘dinheiro’ com os dedos para Temer

Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

O empresário Joesley Batista, sócio do grupo J&F, afirmou nesta quinta-feira (15) em depoimento à Polícia Federal, que fez gesto de “dinheiro” com os dedos durante o encontro com o presidente Michel Temer em março do ano passado no Palácio do Jaburu.

De acordo com a TV Globo, Joesley relatou que fez o gesto ao perguntar a Temer se podia tratar de todos os assuntos com o ex-deputado e ex-assessor especial da Presidência Rodrigo Rocha Loures. Joesley disse que a pergunta foi feita de forma “enfática” durante o encontro: “Posso tratar todos os assuntos com Rocha Loures?”.

Na sequência, conforme aponta o depoimento, “demonstrou gestualmente ao presidente uma sinalização de dinheiro com os dedos; que o presidente Michel Temer, também enfaticamente, respondeu dizendo que poderia tratar de tudo com Rocha Loures e que ‘Loures é da minha mais estrita confiança'”.

Questionada sobre as declarações, a assessoria de Temer se manifestou: “O bandido Joesley Batista continua acrescentando mais mentiras a suas fantasias absurdas, já desmascaradas por suas próprias gravações que revelaram seus propósitos criminosos e políticos”.

A barbárie mora ao lado – e mata ao lado

Kaíque Abreu, uma vida interrompida | Foto: Reprodução / Facebook

“Vim gingando e meti nele”. A absurda afirmação foi a justificativa dada por Edson Rodrigues dos Santos para agredir mortalmente o estudante Kaíque Moreira Abreu. A vida de Kaíque foi brutalmente interrompida e a de Edson, merecidamente, deve estar fadada a ser mais uma estatística no sistema carcerário brasileiro. Kaíque voltava do Carnaval para casa quando foi abordado por Edson.

Sem qualquer razão aparente, o estudante foi alvo de um golpe na cabeça, que provocou um dano cerebral irreversível. Edson só foi localizado após a divulgação massiva do caso pela imprensa, apesar das investigações sobre o caso acontecerem há mais tempo. Desde que Kaíque deu entrada na unidade hospitalar, já era sabido que se tratava de um caso de agressão nas proximidades do circuito de Carnaval.

Porém, para as estatísticas positivas da festa, não era interessante que o caso fosse incluído como relacionado à Folia de Momo. Enquanto ainda existia esperança, a família buscou um milagre. À redação do Bahia Notícias, foram feitos apelos para que a morte cerebral do jovem não fosse publicada. Médicos que atenderam o jovem e, informalmente, autoridades públicas chegaram a confirmar a ausência de sinais no cérebro de Kaíque, cuja identidade não foi revelada integralmente em respeito à dor dos familiares.

Não que a omissão do nome completo tenha feito diferença. É apenas uma deferência ao luto, que até então não era aceito. A simples notícia de que um jovem de 22 anos teve o fim da vida causado por uma agressão no Carnaval já era em si perturbadora. Ela já assombrava aqueles repórteres que tentaram, de alguma forma, buscar informações sobre o caso. A situação só piorou quando veio à tona o vídeo da agressão e o depoimento de Edson.

É assustador ouvir falar que alguém morreu sem qualquer justificativa. Mais assustador é saber que outros casos assim podem acontecer com qualquer um. Kaíque se tornou mais uma vítima das chacinas diárias que acompanhamos silenciosos. A barbárie, infelizmente, mora ao nosso lado. E, cada vez mais, mata ao nosso lado. Este texto integra o comentário desta sexta-feira (16) para a RBN Digital, veiculado às 7h e às 12h30, e para as rádios  Excelsior , Irecê Líder FM e Clube FM .
(Fonte: Bahia notias)

Governo fará intervenção federal na Segurança do Rio; é a 1ª medida do tipo desde 1988

O general Braga Netto deve assumir comando | Foto: Divulgação / Exército

O governo federal decidiu na madrugada desta sexta-feira (16) fazer uma intervenção na Segurança Pública do Rio de Janeiro e o decreto que autoriza a medida deverá ser assinado ainda nesta sexta. Segundo informações do jornal O Globo, com a alteração, as polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros passarão a ser administrados pelo Comando Militar do Leste (CML), chefiados pelo general Walter Souza Braga Netto.

O interventor ficará a cargo da tomada de decisões e da execução de medidas de combate ao crime organizado no estado. Braga Netto assumiu o CML em setembro de 2016, logo após os Jogos Olímpicos Rio 2016, na qual atuou como Coordenador Geral da Assessoria Especial para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, elogiou sua atuação na época.

O general também atuou entre as lideranças da ação realizada no Espírito Santo, em fevereiro de 2017, com a participação das Forças Armadas, para reforço na segurança dos municípios do estado em decorrência de um aumento da violência – policiais militares deixaram as ruas em motim, com familiares acampados em frente aos batalhões.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o decreto deve transferir o comando da segurança pública do estado às Forças Armadas até dezembro deste ano. O decreto que será assinado nesta sexta-feira (16) ainda precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional.

Compareceram à reunião da madrugada os ministros Raul Jungmann (Defesa), Sérgio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional), Henrique Meirelles (Fazenda), Dyogo Oliveira (Planejamento), e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência), além do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, e do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Essa será a primeira intervenção do tipo desde a aprovação da Constituição de 1988.
Informações: Bahia noticias

Câmara retoma trabalhos com uma Sessão Solene nesta quinta-feira

Uma sessão solene, na noite desta quinta-feira, 15, marca o inicio do terceiro período de trabalhos da atual legislatura municipal. De acordo com a programação o presidente José Carlos Bispo dos Santos (Carlinhos)-PP- abrirá a cerimônia convidando as autoridades presentes a comparem a tribuna de honra.
Em seguida será lida a mensagem da prefeita Maria das Graças que apresenta um balanço das ações do Governo no ano passado e uma projeção para o ano de 2018. Depois da mensagem governamental os vereadores serão convidados a se pronunciarem.
Durante dois meses consecutivos o plenário da Câmara esteve em recesso, mesmo assim realizou algumas sessões extraordinárias para deliberar sobre assuntos de relevante importância para o municipio.
Nos dois períodos de trabalhos do ano passado o plenário apreciou 40 Projetos de Lei , 20 dos quais originários do Poder Executivo, e 17 Projetos de Resolução. (José Américo Castro/ASCOM- Câmara de Ipiaú).

Dr Fernando confirma apoio a candidatura de ACM e Sandro Régis

Dr Fernando Vieira, candidato a prefeito nas últimas eleições municipais pelo PV, em Jequié, esteve visitando o camarote do prefeito ACM Neto acompanhando o Deputado Estadual Sandro Regis. Na oportunidade ficou firmado apoio a reeleição do Dep Sandro Regis (DEM) e ao projeto político do prefeito ACM Neto, Dr Fernando obteve 17.984 votos na última eleição municipal ficando à frente do candidato apoiado pelo Governador numa aliança com partidos da base liderada por ACM Neto.
Fonte: Junior Mascote