Category Archives: Ocorrências Policiais

Vídeo mostra bastidores de transferência dos sequestradores do ex-prefeito de Valença

Foto: Divulgação/SSP_BA

Um vídeo divulgado nas redes sociais pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), neste domingo (18), mostra um pouco dos bastidores da transferência dos sequestradores do empresário e ex-prefeito de Valença, Ramiro Campelo. 

Márcio Reis dos Santos, o ‘Bradock’, Geraldo Alves de Carvalho Neto, Carlos Eduardo Rabello e André Luís Maciel Santos foram presos pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) da Polícia Civil, na última quarta-feira (14), na cidade paulista de Caçapava. O grupo manteve o empresário em seu poder durante 25 dias. Com os sequestradores, a polícia recuperou 451 mil doláres que havia sido pagos pela família. 

Os presos chegaram a Salvador no final da tarde deste sábado (17) em uma aeronave do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar foi utilizada para fazer a transferência de São Paulo para capital baiana. 

Assista:

Por: BNews

Tatuador é morto a tiros no bairro de Coutos

Por: Reprodução

Um tatuador conhecido na capital baiana como “Truck Tattoo” foi morto a tiros na noite desta sexta-feira (16) no bairro de Coutos. De acordo com a polícia, o homicídio ocorreu por volta das 22h30 na Rua Campo Pitanga.

Identificado como Joelson Santos, o tatuador teria sido alvejado por dois homens a bordo de uma moto. 

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o crime.

Por: Redação BNews

PM localiza fuzil calibre 556 em Alto de Coutos, no subúrbio ferroviário de Salvador

Por: Divulgação

Guarnições da 18ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Periperi) encontraram, na tarde desta sexta-feira (16), um fuzil calibre 556 no bairro de Alto de Coutos, subúrbio ferroviário de Salvador. Uma denúncia anônima enviada para o Centro Integrado de Comunicações (Cicom), através do telefone 190, ajudou na apreensão.

Os PMs foram informados via rádio, pelo Cicom, que um veículo modelo Focus estava descarregando arma e munições na Rua 11 de Setembro. Viaturas foram deslocadas até o local e visualizaram um criminoso correndo para parte interna de uma residência.

A perseguição foi iniciada e os militares encontraram no imóvel, além do fuzil, munições, carregadores e porções de maconha. Uma mulher de 25 anos, proprietária da casa, foi conduzida até o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).

Por: Redação BNews

Homem tenta comprar celular na OLX com cédulas falsas e acaba preso em Salvador

Por: Divulgação

Um homem foi preso nesta sexta-feira (16) pelo 18° Batalhão de Polícia Militar do Centro Histórico após tentar comprar um celular anunciado no site OLX com cédulas falsas.

De acordo com a polícia, Thiago Limeira dos Santos estava com dez notas falsas de cem reais e pagaria R$ 500,00 pelo aparelho.

O encontro foi marcado pela dona do smartphone no Shopping Piedade. Quando a venda foi concretizada ela percebeu que as cinco notas estavam com o mesmo número de série, sendo que cada uma deveria conter sua numeração exclusiva. A jovem saiu do estabelecimento e pediu apoio a uma viatura do 18° BPM que patrulhava na região.

Em seguida, os militares localizaram Thiago e com ele foram encontrados o celular e cinco notas falsas. O criminoso foi apresentado na Polícia Federal.

Por Redação: BNews

Motorista do Uber é assassinado no bairro do Cabula

Por: Reprodução

Um motorista do Uber foi assassinado na noite desta sexta-feira (16), no bairro do Cabula, em Salvador. A identidade da vítima ainda não foi confirmada nem as circunstâncias do crime, mas já se sabe que ele era motorista do aplicativo.

A barbárie mora ao lado – e mata ao lado

Kaíque Abreu, uma vida interrompida | Foto: Reprodução / Facebook

“Vim gingando e meti nele”. A absurda afirmação foi a justificativa dada por Edson Rodrigues dos Santos para agredir mortalmente o estudante Kaíque Moreira Abreu. A vida de Kaíque foi brutalmente interrompida e a de Edson, merecidamente, deve estar fadada a ser mais uma estatística no sistema carcerário brasileiro. Kaíque voltava do Carnaval para casa quando foi abordado por Edson.

Sem qualquer razão aparente, o estudante foi alvo de um golpe na cabeça, que provocou um dano cerebral irreversível. Edson só foi localizado após a divulgação massiva do caso pela imprensa, apesar das investigações sobre o caso acontecerem há mais tempo. Desde que Kaíque deu entrada na unidade hospitalar, já era sabido que se tratava de um caso de agressão nas proximidades do circuito de Carnaval.

Porém, para as estatísticas positivas da festa, não era interessante que o caso fosse incluído como relacionado à Folia de Momo. Enquanto ainda existia esperança, a família buscou um milagre. À redação do Bahia Notícias, foram feitos apelos para que a morte cerebral do jovem não fosse publicada. Médicos que atenderam o jovem e, informalmente, autoridades públicas chegaram a confirmar a ausência de sinais no cérebro de Kaíque, cuja identidade não foi revelada integralmente em respeito à dor dos familiares.

Não que a omissão do nome completo tenha feito diferença. É apenas uma deferência ao luto, que até então não era aceito. A simples notícia de que um jovem de 22 anos teve o fim da vida causado por uma agressão no Carnaval já era em si perturbadora. Ela já assombrava aqueles repórteres que tentaram, de alguma forma, buscar informações sobre o caso. A situação só piorou quando veio à tona o vídeo da agressão e o depoimento de Edson.

É assustador ouvir falar que alguém morreu sem qualquer justificativa. Mais assustador é saber que outros casos assim podem acontecer com qualquer um. Kaíque se tornou mais uma vítima das chacinas diárias que acompanhamos silenciosos. A barbárie, infelizmente, mora ao nosso lado. E, cada vez mais, mata ao nosso lado. Este texto integra o comentário desta sexta-feira (16) para a RBN Digital, veiculado às 7h e às 12h30, e para as rádios  Excelsior , Irecê Líder FM e Clube FM .
(Fonte: Bahia notias)

‘Ele é um marginal’, dispara coronel Anselmo Brandão sobre Kannário

Por: Alexandre Santos/BNews

O coronel Anselmo Brandão, comandante da Polícia Militar da Bahia, voltou a criticar o cantor Igor Kannário, que atacou a corporação durante sua apresentação no carnaval de Salvador no circuito do Campo Grande nesta segunda-feira (12). “Ele é um marginal. Responde a processo, já prendemos várias vezes. Então, fico chateado quando vejo pessoas dando espaço a uma pessoa daquela que tenta denegrir a imagem da corporação”, disse Brandão durante coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (14).

“Eu tenho imagens da Polícia Militar agredindo a população. Isso é abuso de autoridade, agressão. Um desrespeito à população, nós que pagamos o imposto”, bradou o artista na ocasião. No mesmo dia, em entrevista ao BNews, Anselmo Brandão reagiu: “Kannário deveria botar o capacete, descer e trabalhar junto com a tropa. Infelizmente ele não colabora com a corporação, inclusive ele joga sua massa contra a corporação. Isso é um fator de violência que gera violência. Isso não vamos aceitar. Porque nós estamos sempre nas ruas trabalhando e não é de uma hora para outra que ele vai denegrir todo o trabalho que foi feito durante muito tempo”.

O secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, também saiu em defesa da polícia. “Quero dizer a ele e a todos os artistas que respeitem a polícia. Respeitem a polícia do nosso estado”, pediu.

Imagens de câmeras de segurança ajudaram polícia a identificar agressor de jovem na Graça

Por: BNews

As imagens das câmeras de segurança ajudaram a polícia a chegar até Edson Rodrigues, de 26 anos, preso na manhã desta quarta-feira (14), na Capelinha de São Caetano, em Salvador. Ele é o agressor confesso de Kaíque Abreu, 22, atacado com um soco e um chute no rosto na madrugada de sexta-feira (9), no bairro da Graça, em Salvador.

Segundo o diretor do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), José Bezerra Júnior, as imagens são bem reveladoras. O delegado afirmou que Edson entrou em um caminhão após o crime e a polícia conseguiu identificar a marca e o modelo do veículo. Na noite de terça, o veículo foi identificado nas proximidades onde o crime ocorreu. Bruno Fernando Ribeiro Batista, 30 anos, dono do caminhão, e um adolescente, que também aparecem nas imagens no dia da agressão, foram conduzidos para o DHPP e contaram que encontraram Edson naquela madrugada e deram carona para ele.

Os dois presenciaram as agressões, mas, segundo o delegado, ficaram surpresos ao saber que o estado de saúde de Kaíque era gravíssimo. Bezerra contou que Bruno será indiciado por omissão de socorro e favorecimento pessoal, mas deve responder em liberdade. Já o adolescente foi encaminhado para a Delegacia do Adolescente Infrator (DAI).

Em posse das informações, a polícia efetuou a prisão de Edson, que não resistiu e confessou o crime. Ele afirmou para a delegada Carmen Dolores, da 14ª Delegacia Territorial da Barra, que estava com raiva porque tinha se envolvido em uma briga no carnaval e queria descontar sua ira em alguém.

Ainda de acordo com Bezerra, nas imagens aparecem mais dois adolescentes, que também já foram identificados, e deverão ser chamados como testemunhas para depor.

Inicialmente, a polícia firmou que ele responderia por homicídio tentado, mas após a apresentação do suspeito, a família de Kaíque, que estava na DHPP, confirmou para os jornalistas que o jovem teve morte cerebral. Hayro Abreu explicou que o sobrinho está passando pelo protocolo que define a falta de atividade do cérebro.

(Fonte: BNews)

Envolvidos no sequestro de ex-prefeito de Valença são presos em São Paulo

Por: Divulgação / SSP-BA

A Polícia Civil da Bahia prendeu, nesta quarta-feira (14), em uma churrascaria no KM 19 da Rodovia Presidente Dutra, em Caçapava, São Paulo, quatro pessoas acusadas de participar do sequestro do ex-prefeito de Valença e empresário Ramiro José Campêlo de Queiroz, ocorrido no mês de janeiro. A operação também contou com informações da Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública.

Com os baianos Márcio Reis dos Santos, conhecido como Bradock, e Geraldo Alves de Carvalho Neto, o pernambucano Carlos Eduardo Rabello e o mineiro André Luis Maciel Santos foram encontradas quantias provenientes do pagamento realizado pela família para a libertação da vítima. O valor será divulgado em breve, após conferido.

Comandada pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil baiana, a operação também contou com o apoio da Delegacia Antissequestro da PC de São Paulo, para onde o grupo foi encaminhado.

De acordo com o delegado do Draco responsável pelas investigações, Cleandro Pimenta, embora a família não tenha aceitado a participação da polícia na negociação com a quadrilha, a Polícia Civil seguiu com as demais providências de polícia judiciária, chegando à identificação e prisão do grupo.

(Fonte: BNews)

Cadela teve as patas cortadas de facão em Jequié

Foto: JuniorMascote

Sexta-feira de carnaval, por volta das 6 horas da manhã, a cachorrinha vira-lata PITA, muito dócil, estava dormindo junto com sua filha Vortinha, em frente da casa de seus donos, na comunidade de Nova Esperança, no município de Jequié. Quando, um homem, conhecido na região, apareceu de moto e do nada desferiu um violento golpe de facão na pata do animal, quase decepando. Seus donos, que estavam dentro de casa, ao ouvir o ronco da moto e os gritos do animal, abriram a porta imediatamente e viram o homem com o facão na mão saindo na moto como se nada tivesse acontecido.

Foram correndo socorrer a cadelinha, que tem 6 anos de idade, ela estava em estado de choque e se esvaindo em sangue. Pegaram, então, uma banheira de criança, colocaram com muito cuidado o animalzinho e trouxeram rapidamente para Jequié. PITA foi atendida pelos veterinários Dr. Edézio e Drª Giselle da Clínica ECOVET que, graças a Deus e com a perícia deles, sua patinha não foi amputada, no entanto, PITA continua internada e seu estado ainda é grave.

A família, dona da cachorrinha, está abalada com esse caso de covardia, as crianças que viram o animal agonizando estão em estado de choque com tamanha violência. Esse caso ocorrido em Nova Esperança NÃO PODE e NÃO DEVE ficar impune. Já foi feita a ocorrência na Delegacia de Jequié, vamos acompanhar passo a passo o desenrolar dessa triste história.

Ninguém tem o direito de, a qualquer momento, sair por aí esfaqueando animais, seres inocentes, criação de Deus assim como a natureza e nós seres humanos. Do mesmo modo que esse homem fez isso com um facão, ele também poderia ferir uma criança ou uma pessoa indefesa, porque um homem que faz isso covardemente com um animal dormindo, pode-se esperar dele qualquer coisa de ruim, de maldade e de crueldade.

Uma pessoa assim não tem condições de viver em sociedade em que animais e pessoas vivem em harmonia com a natureza. Uma pessoa que age desse jeito é nociva aos outros e a si mesmo, pois os atos de violência e de agressão contribuem para a insanidade. É preciso que as autoridades da nossa cidade tomem providências enérgicas. Precisamos nos unir para que esse caso não fique impune, a lei de proteção aos animais deve ser rigorosamente cumprida!
Fonte: Blog Junior Mascote