Category Archives: Esportes

Fifa atualiza ranking de seleções; saiba como está o top-10

© Lucas Figueiredo/CBF

A Fifa divulgou nesta quinta-feira (15) a lista atualizada do ranking global de seleções. A Alemanha, atual campeã mundial, continua no topo da lista, que não apresentou mudanças no top-10.

O Brasil de Tite e Neymar vem na segunda colocação, enquanto Portugal do craque Cristiano Ronaldo aparece em terceiro.

A Argentina de Messi segue na quarta posição, seguida por Bélgica, Espanha, Polônia, Suíça, França e Chile. A sequência da lista até o top-20 ficou assim: Peru, Dinamarca, Colômbia, Itália, Croácia, Inglaterra, México, Islândia, Suécia e País de Gales.


(Por-Noticias ao minuoto)

‘Neymar não está no nível de Messi e de Ronaldinho’, diz jornal catalão

© REUTERS

Diante do Real Madrid no Santiago Bernabéu, nesta quarta-feira (14), Neymar não mostrou o futebol que fez dele o jogador mais valioso do mundo. O camisa 10 do Paris Saint-Germain não chamou a responsabilidade e viu o rival Cristiano Ronaldo marcar dois dos três gols da vitória do time espanhol por 3 a 1, no jogo de ida entre as equipes pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

O jornal catalão “Mundo Deportivo” alfinetou o brasileiro por conta da atuação dele na partida.

“Não é o mesmo Neymar. Vir ao Bernabéu com Lionel Messi em sua equipe ou ser o líder total? Está bem, Neymar conseguiu colocar medo na torcida merengue, quando conduzia a bola porque é um jogador, de fato, diferente. Não está no nível de Messi, sequer de Ronaldinho, mas Neymar foi bem no Bernabéu e ganhou um gesto de cumplicidade de Cristiano Ronaldo, que acariciou o brasileiro na cabeça após o primeiro tempo (…) Neymar agradou, mas quem marcou dois gols foi Cristiano Ronaldo”, disse a crônica da publicação.

PSG e Real Madrid voltam a se enfrentar no dia 6 de março, desta vez no Parc des Princes, em Paris. O time francês precisa vencer por no mínimo, 2 a 0, para avançar na Champions.
(Por-Noticias ao minuoto)

Rodada desta quarta tem ‘Real x PSG’, Recopa e Libertadores; confira

© REUTERS

A rodada desta quarta-feira (14) de Cinzas está de tirar o fôlego, a começar pelo duelo mais esperados das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa: Real Madrid x Paris Saint-Germain.

O time espanhol do craque português Cristiano Ronaldo recebe no Santiago Bernabéu a equipe parisiense do astro Neymar. Será o primeiro de dois duelos entre os clubes. Outro duelo que promete grandes lances acontecerá em Portugal, com “Porto x Liverpool”.

Outro destaque do dia é a Recopa Sul-Americana, com o duelo entre os campeões da Libertadores e da Sul-Americana de 2017: Grêmio e Independiente. O jogo acontecerá em Buenos Aires. A partida de volta será em Porto Alegre.

Além disso, ainda teremos o Vasco na terceira fase dos playoffs da Taça Libertadores. Será o teste final para a equipe carioca entrar na fase de grupos da competição.

Confira abaixo os principais duelos do dia:

UEFA Champions League

Real Madrid x Paris Saint-Germain – 17h45

Porto x Liverpool – 17h45

Recopa Sul-Americana

Independiente x Grêmio – 22h

Taça Libertadores

Vasco x Jorge Wilstermann – 21h45

Banfield x Nacional-URU – 20h

Copa do Brasil

Flu de Feira x Náutico – 22h30

Campeonato Paulista

Santos x São Caetano – 19h30

Botafogo-SP x Ponte Preta – 19h30

Corinthians x São Bento – 21h45

Campeonato Catarinense

Criciúma x Joinville – 20h30

Figueirense x Chapecoense – 21h45

Campeonato Paranaense

Toledo x Coritiba – 21h45

Atlético-PR x Foz do Iguaçu – 21h45

PEC quer acabar com auxílio-moradia paga a membros do Judiciário, Executivo e Legislativo

Uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) quer acabar com o auxílio-moradia paga aos membros do Poder Executivo, Legislativo e do Judiciário. A PEC 41 será relatada pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR), que tramita no na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. O texto é de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). O texto altera o artigo 39 da Constituição Federal, para vedar o pagamento de auxílio-moradia aos membros dos três Poderes, sob a justificativa de que o benefício “se transformou em forma de concessão de reajuste do subsídio de parlamentares, ministros de Estados, magistrados e membros do Ministério Público, e, ainda, de burlar o teto remuneratório”, além de o classificar como privilégio. Atualmente, o valor do auxílio é de R$ 4,3 mil. A PEC não precisa de sanção presidencial, caso seja aprovada em dois turnos na Câmara dos Deputados e no Senado. Ainda para ser aprovada, precisa de votos de 308 deputados e de 49 senadores. Em uma enquete promovida pelo portal do Senado, mais de 19 mil pessoas responderam que aprovam a matéria, enquanto apenas 61 votaram contra a proposição que limita o auxílio-moradia.