10/10/2018

‘Maldição’ Cunha derrota nas urnas deputados que comandaram sua cassação

Dois terços dos deputados que cassaram Eduardo Cunha no Conselho de Ética não se reelegeram. Foto: Lula Marques/AGPT
Os deputados que votaram favoráveis à celebrada cassação do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha não conseguiram tirar partido, nas urnas, da posição firme contra o parlamentar que se encontra preso há mais de sete meses. Apenas quatro dos 12 “algozes” de Cunha no Conselho de Ética da Câmara foram reeleitos domingo. Entre os aliados de Cunha um perdeu o mandato: Laerte Bessa (PR-DF). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Presidente do Conselho de Ética que comandou o começo do fim de Cunha, José Carlos Araújo (PR) perdeu a eleição de domingo.

Os petistas Zé Geraldo (PA) e Leo de Brito (AC) se escafederam. Aquele da tatuagem de Temer, Wladimir Costa (SD-PA), dançou.

Foram reeleitos Paulo Azi (DEM-BA), Sandro Alex (PSD-PR) e Júlio Delgado (PSB-MG). Marcos Rogério (DEM-RO), relator, virou senador.
Fonte: Diário do Poder

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta matéria.