Igreja Universal corta R$ 120 milhões em anúncios e ameaça emissoras

A Igreja já rompeu, na semana passada, uma parceria de 16 anos com a TV Gazeta, que rendia ao canal cerca de R$ 3 milhões por mês

© Reprodução

A Igreja Universal do Reino de Deus decidiu cortar cerca de 40% da verba destinada a compra de espaços para anúncios em emissoras de TV. Como maior anunciante privado do país, a decisão da instituição ameaça o rendimento de diversos canais, principalmente as pequenas e regionais.

De acordo com o Notícias da TV, a Igreja já rompeu, na semana passada, uma parceria de 16 anos com a TV Gazeta, que rendia ao canal cerca de R$ 3 milhões por mês. As próximas negociações devem desfalcar a Band, RedeTV! e Canal 21.

Ainda segundo o site de notícias, a crise econômica está por trás da decisão da IURD. Os fieis continuam indo à igreja, mas o desemprego tem impacto direto no pagamento do dízimo.
Por-Noticias ao minuto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *