Bolsonaro diz que Brasil não é facção criminosa para ser comandado da cadeia

Candidato ironiza comando político de Lula de dentro da prisão

Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República. (Foto: divulgação)

O candidato do PSL à Presidência da República, deputado Jair Bolsonaro, divulgou agora há pouco uma mensagem de “boa noite” em sua página pessoal no Twitter afirmando que o País não é facção criminosa para ser comandado de uma prisão.

“Vale lembrar que o Brasil não é uma facção criminosa para ser comandado de dentro da cadeia. Boa noite a todos!”, escreveu o candidato a presidente, sobre o fato de o ex-presidente Lula, um presidiário, comandar as ações do seu partido, o PT.

Lula cumpre pena na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, após sua condenação a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A condenação inicial, do juiz federal Sérgio Moro, foi aumentada pelos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

O ex-presidente, que tentou ser candidato a presidente, continua comandando seu partido da prisão, por meio de despachos diários com políticos como seu virtual substituto, Fernando Haddad, que usa as prerrogativas de advogado mesmo sem atuar na defesa do detento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *