‘Bancada da Bíblia’ cresce: ‘Temos torre de vigia’, diz Tia Eron

De 2006 até o momento, o grupo aumentou mais de duas vezes no Congresso

Foto: Roberto Viana/ Ag. Haack/ bahia.ba

A chamada “bancada da Bíblia” no Congresso Nacional é considerada uma força em ascensão. Levantamento feito pelo jornal Estado indica que, atualmente, essa bancada é composta por ao menos 84 parlamentares evangélicos. Oitenta e dois deles são deputados federais e dois senadores.

De 2006 até o momento, o grupo aumentou mais de duas vezes, segundo o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, o Diap.

O grupo forma uma frente para detectar e atuar para bloquear iniciativas que possam afrontar o ideário conservador. Temas como aborto, união homoafetiva, escola sem partido e legalização das drogas estão no radar do grupo.

“O segmento se organizou e agora está muito bem representado. Há uma lista com os números dos projetos que são nocivos. Temos uma torre de vigia, uma salvaguarda preparada para atuar”, afirmou à reportagem a deputada federal baiana Tia Eron (PRB-BA), da Igreja Universal do Reino de Deus.

Os congressistas estão organizados na Frente Parlamentar Evangélica (FPE). Oficialmente, 182  integrantes estão em exercício nela. Porém, 105 deputados são de outras religiões e entraram com suas assinaturas apenas para viabilizar a criação da frente.Bahia.Ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *