Marun: Planalto impediu aliança de Centrão com Ciro – ‘débil mental’

Foto: Agência Brasil

Democratas, PP, PR, Solidariedade e PRB teriam batido o martelo para a aliança com o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), em detrimento do ex-ministro Ciro Gomes (PDT), nas eleições de outubro por influência do Palácio do Planalto, de acordo com o ministro da Secretaria de Governo Carlos Marun (MDB).

Segundo a coluna do Estadão, o emedebista teria comentado sobre a interferência do grupo do presidente Michel Temer (MDB) nas negociações em um grupo de WhatsApp da bancada do partido na Câmara Federal.

Na mensagem, Marun chama o pedetista de “débil mental” e admite, nas entrelinhas, que o movimento para impedir o apoio do Centrão a Ciro incluiu ameaças de retirada de cargos das siglas aliadas do governo Temer.

O posto com status de “reflexão” não deixou de fora a defesa do ministro à candidatura de Henrique Meirelles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *