Fundo partidário: Dilma deve ser prioridade nas verbas do PT

Foto: Divulgação

A ex-presidente Dilma Rousseff, pré-candidata ao Senado em minas gerais, deve ser priorizada na distribuição do fundo partidário para a campanha, segundo a coluna do Estadão.

O partido pretende destinar entre R$ 1,5 milhão e R$ 2 milhões para seus candidatos ao Senado, mas a direção teria anunciado nos bastidores que vai oferecer um tratamento especial à petista para evitar uma derrota nas urnas mineiras.

Bahia.Ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *