‘Não soube me conter diante de tanto poder’, diz Cabral na Lava Jato

Foto: Reprodução/ Twitter

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB) depôs, nesta sexta-feira (8), em uma das ações penais derivadas da Operação Eficiência, que integra a Lava Jato. “Eu não soube me conter diante de tanto poder e tanta força política”, disse ele, de acordo com o portal Uol.

Cabral esteve no cargo de 2007 e 2014. Segundo ele, chefiar o estado do RJ não lhe bastava.

“De maneira vaidosa, eu quis fazer prefeitos, fazer vereadores, fazer deputados. Usar recursos”, admitiu. O ex-governador foi interrogado presencialmente pelo juiz Marcelo Bretas, na 7ª Vara Federal Criminal, no Rio.

Ele voltou a admitir o crime de caixa dois e disse ter ficado “deslumbrado” com o grande volume de dinheiro supostamente recebido durante campanhas eleitorais.

“Eu errei. Durante 25 anos, fui o político que mais arrecadou recursos no estado do Rio de Janeiro. (…) Eu pedi dinheiro para campanha, sim. E era muito dinheiro, sim”, afirmou.

(Fonte: Bahia.Ba)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *