Cúpula da campanha de Alckmin não contava com péssimo desempenho em SP

Está feia a coisa (Adriano Machado/Reuters)

Os cabeças da campanha de Geraldo Alckmin formularam discursos para tudo, menos um capaz de explicar a terrível performance do tucano em casa.

Ele aparece em terceiro lugar, atrás de Lula e Bolsonaro, com apenas 13% das intenções de voto, nas pesquisas feitas com o eleitorado de São Paulo.

Por trás dos textos que ainda tentam manter de pé a cambaleante candidatura de Alckmin, está a estupefação dos tucanos com o desempenho do correligionário em seu próprio quintal, coincidentemente, o maior colégio eleitoral do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *