Secretário da Agricultura de Ipiaú pede exoneração do cargo e explica motivo

Valnei Pestana pediu exoneração do cargo (Foto: Giro Ipiaú)

O médico Valnei Luciano Pestana pediu exoneração do cargo de Secretário Municipal da Agricultura e Meio Ambiente  em  decorrência e ter vinculo de aposentadoria com INSS. O pedido foi acatado pela prefeita Maria das Graças que lamentou o afastamento de um dos seus mais atuantes colaboradores, entretanto entendeu  a opção do secretário. Se continuasse no cargo Valnei teria que abdicar da aposentadoria, o que não seria conveniente, pois a função na Prefeitura é temporária.  Tudo indica que o substituto de Valnei, na pasta municipal, seja o engenheiro ambiental Elvidio Antonio, o popular Bino, que é defensor do desenvolvimento sustentável e das praticas agroecológicas.
Motivo
Valnei Pestana revelou que antes de assumir o cargo consultou o INSS sobre tal possibilidade já que tinha outro vinculo público. Na ocasião, lhe disseram que poderia exercer a função na Prefeitura, sem qualquer problema, entretanto agora, alegaram a incompatibilidade, o obrigando à renuncia de uma função que vinha exercendo com muita competência e poderia resultar em grandes benefícios para o município, sobretudo no que se refere à agricultura familiar e ao projeto de tornar Ipiaú  sede de um forte pólo chocolateiro regional.
Agradecimentos
Muito emocionado, Valnei lamentou a súbita interrupção, mas disse que continuará colaborando no quer for possível para que a gestão municipal continue no rumo certo, fazendo Ipiaú voltar a crescer.  A respeito da prefeita Maria das Graças ele disse tratar-se de uma pessoa extremamente honesta com o uso dos recursos públicos e que tem um grande amor pela comunidade local. “Não conheço nada que desabone a conduta de Maria e asseguro ela vem realizando um trabalho muito importante em favor de Ipiaú”, ressaltou o ex-secretário. Cogitava-se nos bastidores da política ipiauense que Valnei Pestana poderia ser um virtual substituto de Maria na administração municipal, entretanto ele descarta tal possibilidade e disse que nunca pensou nisso e que não tem mais pretensões por cargos públicos. “Daqui pra frente voltarei a me dedicar com mais intensidade ao exercício da medicina e dos meus empreendimentos particulares”, concluiu. (GIRO/José Américo Castro)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *