10/05/2018

Babalaô notifica padre Fábio por intolerância religiosa após vídeo

© Divulgação
"Pode fazer e pode deixar na porta da minha casa", disse o Padre Fábio de Melo, em declaração polêmica sobre macumba
O babalaô Ivanir dos Santos notificou o Padre Fábio de Melo para que ele retire do ar o vídeo em que aparece dando uma declaração polêmica sobre macumba durante uma missa. Segundo a coluna de Marina Caruso, no jornal "O Globo", o representante de movimentos contra a intolerância religiosa diz que o padre trata "de forma desrespeitosa religiões de matriz africana".

No post publicado na página oficial do padre no Facebook, que tem mais de um milhão de seguidores, o religioso fala aos fieis, usando frases como: "Com todo o respeito a quem faz a macumba. Pode fazer e pode deixar na porta da minha casa que, se estiver fresco, a gente come".

De acordo com o jornal, nesta quinta-feira (10), Ricardo Brajterman, advogado do babalaô, disse que Fábio de Melo reconheceu os "excessos de suas declarações" e afirmou, em telefonema a Ivanir dos Santos, que repudia qualquer tipo de intolerância religiosa. O padre ainda afirmou que na semana que vem acompanhará o babalaô numa visita  a terreiros de candomblé e de umbanda,  que foram destruídos na Baixada Fluminense.

Em outro momento do vídeo, o padre alerta para que os seus seguidores não tenham medo de macumba, pois cada fiel tem poder de fazer milagres. As falas do padre foram interpretadas por alguns como chacota e desrespeito. A macumba é um termo que agrupa diversos tipos de cultos praticados no Brasil, influenciados por religiões como o ocultismo, o candomblé e cultos ameríndios. 

Assista:
Por-Noticias ao minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta matéria.