Daily Archives: 8 de maio de 2018

Geddel vira réu por lavagem de dinheiro e organização criminosa

© José Cruz/EBC//FotosPúblicas

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu nesta terça-feira (8) denúncia contra o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA), preso preventivamente há oito meses no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. As informações são do jornal O Globo.

O emedebista responderá por lavagem de dinheiro e associação criminosa como réu em uma ação penal relativa ao apartamento onde foram encontrados R$ 51 milhões em dinheiro, em Salvador.

O irmão de Geddel, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão de Geddel; a mãe deles, Marluce Vieira Lima; o ex-assessor Job Ribeiro Brandão; e o empresário Luiz Fernando Machado da Costa Filho também viraram réus na mesma ação.

De acordo com denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR), o dinheiro encontrado no imóvel na capital baiana é proveniente da prática de crimes.

Além da perda dos R$ 51 milhões, a PGR defende que, em caso de condenação, os réus paguem indenização por danos morais coletivos no mesmo valor. O órgão pediu, ainda, a perda de função pública. No caso de Lúcio Vieira Lima, isso significa que, caso condenado, ele deixará a Câmara dos Deputados.
Por-Noticias ao minuto

Eleição não mudará Brasil, diz Joaquim Barbosa após desistir de disputa

© Ueslei Marcelino / Reuters

Para o ministro aposentado do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa, que anunciou nesta terça-feira (8) sua desistência de concorrer à Presidência, este pleito não irá mudar o Brasil.

“Não acredito que esta eleição mude o país. O Brasil tem problemas estruturais gravíssimos, sociológicos, históricos, culturais, econômicos”, disse em entrevista ao jornal Valor Econômico.

Barbosa disse temer que a escolha do novo mandatário brasileiro aprofunde as desigualdades sociais. “Meu temor é que os grupos que são indiferentes a isso vão se unir para dominar esse processo eleitoral. Se uniriam contra mim, não tenho dúvidas.”

Ao jornal o ex-presidente do Supremo afirmou que não vê “glamour na vida de quem tem poder” e que não morre de amores pelo poder. “Tudo aquilo que leva os políticos a conquistar o poder, nunca me atraiu.”

Barbosa disse que se filiou ao PSB há um mês, no prazo para quem deseja concorrer a um cargo, porque até então ainda tinhas dúvidas sobre seguir ou não a carreira política. Lamentou que o sistema eleitora do país não permite candidaturas avulsas.

Também contou que planeja estar fora do Brasil no dia da eleição, em outubro. Assim, não votará para presidente.

Sua família, disse, “está aliviada” com a decisão de deixar para lá a tentativa de suceder Michel Temer (MDB).

BOLSONARO

No mesmo dia, Barbosa apontou, em entrevista ao jornal O Globo, três preocupações que o afligem sobre o futuro do Brasil: Jair Bolsonaro (PSL) ser eleito presidente, Temer continuar no poder e a instauração de novo regime militar.

Bolsonaro reagiu às críticas. “É um atestado de completa ignorância política. Se ele não quer ajudar o Brasil, tudo bem. Estou sozinho nessa briga [contra a corrupção]. Ele poderia ser candidato e ajudar”, afirmou o presidenciável à publicação carioca.

Em seguida, Bolsonaro afirmou ter uma “dívida de gratidão” a Barbosa. “Não quero mal a ele, pois foi o único que disse a verdade sobre mim. Quando julgou o mensalão, disse que eu era um dos únicos que não tinham sido comprados. E eu o agradeço muito por ter falado isso.”

Com informações da Folhapress.

Polícia Militar visita comunidade da Fazenda do Povo e discute sobre Segurança do Distrito

Foto: Ascom/55CIPM

Na noite dessa segunda-feira, dia 07/05, o Comandante da 55 CIPM, Major Jocevã, este junto com a sua equipe, Aspirante Neves e Cabo Bacelar, no Distrito da Fazenda do Povo, onde foi discutida a situação da segurança pública daquela comunidade.

Fotos: Ascom/55CIPM

O maior reclame da comunidade foi de som alto nos finais de semana, assunto que foi tratado pelo Major como um problema que é gerado por próprios moradores da comunidade, numa total falta de respeito para com os demais moradores. O Major ainda enfatizou que a comunidade precisa se organizar para responsabilizar esses perturbadores, e, que a Polícia Militar passará a fazer mais rondas nos finais de semana a fim de coibir esses abusos, e que precisava sempre do apoio da comunidade, através de denúncias e informações.

De quem Leão pensa que está falando?

João Leão viu, no caso de Wagner virar candidato a presidente, a chance de virar senador e botar Lídice de carona

Ainda que todas as especulações circulem em tese, porque nada de concreto existe com relação à possibilidade de Jaques Wagner incorporar o Plano B do PT à Presidência da República, não deixa de ser curiosa a posição a que aliados do governador Rui Costa (PT) rebaixaram a senadora Lídice da Mata (PSB) no jogo de ajustes a que se presta um novo cenário que pode emergir de uma eventual candidatura do ex-governador da Bahia à sucessão presidencial.

Dada as aspirações legítimas que possui de concorrer à reeleição e ao próprio estofo político que ostenta, seria natural que o nome de Lídice emergisse como alternativa praticamente automática à vaga originalmente destinada a Wagner na chapa de Rui no caso de o petista concorrer à Presidência. Eis, no entanto, que tal qual um cavaleiro das trevas para o PSB, surge o vice-governador João Leão (PP) dizendo que, neste caso, a vaga passaria a ser dele.

A Lídice, a partir do novo momento que ainda não veio, Leão acrescenta, cheio de si, caberá o posto de candidata a vice na chapa de Rui. Simples assim. Para completar, o deputado estadual Marcelo Nilo (PSB), ex-presidente da Assembleia e das mais hábeis raposas políticas baianas da atualidade, ainda dá o beneplácito à sugestão de Leão, antecipando que a senadora pode aceitar a candidatura a vice de bom grado. Como assim, queridos irmãos?

Se desde o princípio, quando este mesmo Política Livre levantou, pela primeira vez, a hipótese de Wagner concorrer à Presidência da República, todas as expectivas voltaram-se, naturalmente, para o fato de Lídice vir a ocupar seu espaço numa das duas vagas ao Senado, tendo ao seu lado o deputado Angelo Coronel, do PSD, como acontece de agora, de uma hora para outra, Leão achar que pode dar seu cavala de pau, colocando-a na carona?

Seria melhor o vice-governador do PP ir tratando de colocar as barbas de molho e assumir ares urgentes de comedimento, se não quiser enfrentar a ira da onda esquerdista que na Bahia começa a formar ao lado do projeto da senadora de se reeleger. A menos que planeje virar um peso morto na tentativa de deslocar-se da vice em que parecia, aos olhos de todos, perfeitamente acomodado, para a aventura – aos olhos do PSB – de querer galgar o Senado.

Operação integrada captura traficante que agia na Bahia e Pernambuco

O criminoso foi localizado, na cidade pernambucana de Petrolina, por equipes da Cipe Caatinga e da PM de Pernambuco.

Um traficante de drogas que agia na Bahia e em Pernambuco foi capturado, na noite de segunda-feira (7), durante operação integrada da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Caatinga e Polícia Militar de Pernambuco.

Maciel Leles de Lima Silva, 22 anos, natural da cidade pernambuca de Santa Cruz, estava escondido em Petrolina, outro município, no mesmo estado. Após denúncia anônima, os militares baianos e pernambucanos fizeram um cerco, no bairro Mandacarú, e efetuaram a prisão do criminoso.

Com ele foram apreendidos três quilos de cocaína, um quilo de crack, um revólver calibre 38, munições e balança. Maciel e todo o material foram apresentados, na Delegacia de Petrolina.

“Ampliamos a parceria com a polícia pernambucana, pois percebemos que os criminosos estão agindo, nos dois estados”, explicou o comandante da Cipe Caatinga, major Wildon Teixeira dos Reis
Fonte: Ascom / Alberto Maraux

Rondesp RMS intercepta assaltantes de ônibus escolar

Foto: Divulgação SSP
Quatro criminosos foram surpreendidos pelos militares, após roubo cometido no distrito de Monte Gordo, em Camaçari

Os PMs iniciaram a perseguição, e, na tentativa de fuga, o veículo capotou. Após o acidente, os bandidos saíram do carro atirando contra os policiais. No revide, um criminoso foi atingido, socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Monte Gordo, mas não resistiu. Os outros três comparsas fugiram por um matagal.

Foto: Divulgação SSP
Quatro criminosos foram surpreendidos pelos militares, após roubo cometido no distrito de Monte Gordo, em Camaçari

No carro onde se encontrava o grupo foram encontrados um revólver calibre 38, quatro trouxas de maconha, cinco aparelhos celulares, cinco mochilas com materiais escolares, dois relógios e fones de ouvido. Os materiais foram encaminhados para a 23ª Delegacia Territorial de Lauro de Freitas.

“Depois do acontecimento, os policiais foram informados por algumas pessoas da região que os criminosos tinham assaltado um ônibus escolar naquela localidade” explicou o comandante da Rondesp/RMS, major André Cunha.
Fonte: Ascom / Silvânia Nascimento

Operações e abordagens derrubam roubos a coletivos em 36%

Foto: Alberto Maraux
Trabalho integrado da Gemeos e do Gerrc resultou na marca de 36,4% de redução

Abordagens, revistas, atuação de policiais disfarçados, dentre outras ações realizadas pelos Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc) da Polícia Civil e da Operação Gemeos da Polícia Militar conseguiram reduzir os roubos a coletivos em 36,4%, nos primeiros quatro meses de 2018, se comparados com o mesmo período do ano anterior.

Entre janeiro e abril foram contabilizados 359 casos a menos que em 2017. Durante o quadrimestre, a Operação Gemeos realizou, preventivamente, abordagens a 4.202 coletivos, em 14 mil pontos e estações de ônibus, em mais de 56 mil pessoas e a 527 táxis. As ações de repressão resultaram em 70 prisões em flagrante, cinco mandados cumpridos, 17 termos circunstanciados de ocorrências e 40 conduções de suspeitos. Quanto as armas utilizadas nos crimes em coletivos foram apreendidas 21 armas de fogo, 16 armas brancas e 10 simulacros.

Para coibir essa prática delituosa, o comandante da Operação Gemeos, major PM Gabriel Neto revelou que ações são realizadas em locais com grande aglomeração de pessoas. “Essas revistas, em conjunto com o apoio da população que pode utilizar os canais disponibilizados pela Secretaria da Segurança Pública (Disque Denúncia através do 3235-0000) ou o WhatsApp da própria especializada (71 99984-8579), têm contribuído para a redução do crime e prisão dos ladrões”, destacou o oficial.


Foto: Vitor Andrade
Trabalho integrado da Gemeos e do Gerrc resultou na marca de 36,4% de redução

De acordo com o coordenador do Gerrc, delegado José Nelis, as batidas realizadas pelas equipes do grupo em casas comerciais e de conserto – muitas vezes fachadas para crimes de receptação dos aparelhos celulares, principal objeto de desejo dos bandidos, – e em bocas de fumo, são efetivas atividades após o delito. “Hoje também efetuamos o bloqueio de aparelhos roubados”, complementou o delegado, lembrando o serviço desempenhado pela Polícia Civil desde 2015.
Fonte: Ascom/Márcia Santana

.

Petrobras reajusta preço do gás em 7,1%, em média, nesta terça

© Pedro Ventura/ Agência Brasília

A Petrobras reajusta nesta terça-feira (8) em 7,1%, em média, o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) de uso industrial e comercial às distribuidoras. A companhia tem como base o preço de paridade formado pelas cotações internacionais mais os custos de transporte e taxas portuárias.

De acordo com a estatal, a paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço médio considera uma margem que cobre os riscos – como volatilidade do câmbio e dos preços.

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que foi comunicado pela Petrobras na tarde de hoje (7) sobre novo reajuste de preço do GLP empresarial, para embalagens acima de 13 quilos.

De acordo com a Petrobras, o aumento será entre 5,8% e 8,6%, dependendo do polo de suprimento, válido a partir de 0h de amanhã (8) nas unidades da petroleira.

Com o aumento, o ágio praticado pela Petrobras está em 31% em relação ao preço praticado no mercado internacional. Na avaliação do Sindigás, “esse ágio vem pressionando ainda mais os custos de negócios que têm o GLP entre seus principais insumos, impactando de forma crucial empresas que operam com uso intensivo de GLP”. Com informações da Agência Brasil.

‘Com a quadrilha do MDB eu não quero negócio’, diz Ciro Gomes

© Reuters/Adriano Machado

O pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, voltou a renegar uma eventual aliança com o partido do presidente Michel Temer, caso eleito. “Com a quadrilha do MDB eu não quero negócio”, defendeu, durante entrevista ao programa Band Eleições, da Band, transmitido na madrugada desta terça-feira (8). De acordo com o pedetista, governar com o apoio do MDB é o “caminho do fracasso sem falta”.

“O Fernando Henrique Cardoso se desmoralizou (com a aliança com o MDB), e nunca mais o PSDB ganhou uma eleição nacional”, afirmou, de forma enfática. Ciro, entretanto, reconheceu as dificuldades de montar uma coalizão e disse que não vai governar com “a inocência de um convento”. “Mas se você anunciar as propostas antes, se negociar no atacado, negociar o pacto federativo, para trazer uma eficiência instantânea que imediatamente mexe com o povo, o impasse pode se resolver por meio de plebiscitos e referendos”, defendeu.

Ainda sobre alianças, o pedetista voltou a lamentar a fala da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, que afirmou que a indicação de um vice petista na chapa de Ciro não vai acontecer nem “com reza brava”. Segundo Gomes, é uma “pena” que Gleisi pense assim mesmo diante das dificuldades que o País enfrenta.

Ciro voltou a afirmar que vai revogar as mudanças nas leis trabalhistas implementadas por Temer, que descreveu como uma “aberração”. Além disso, novamente se posicionou contra a privatização de estatais importantes para o País, com destaque para a Eletrobras. “Estou tentando avisar o investidor estrangeiro que um dos candidatos pensa assim, para que amanhã ele não diga que foi enganado.” Segundo o pedetista, ele vai revogar uma possível venda da estatal se chegar ao Planalto.
Por-Noticias ao minuto