Projeto que cria Banco de Materiais Ortopédicos doados deverá ser aprovado pela Câmara

Foto:(José Américo castro/ASCOM- Câmara de Ipiaú).

Em “redação final” o plenário da Câmara Municipal de Ipiaú deverá aprovar na sessão ordinária dessa quinta-feira, 19, o Projeto de Lei nº 013/2018, da autoria do vereador Erivaldo Carlos Oliveira Santos (Pery)-PP- que “cria o Banco de Materiais Ortopédicos doados pela Comunidade”.  O acervo do banco  envolverá  cadeiras de rodas e de banho,muleta, andador,bengala, cama hospitalar, tipóia, prótese,  etç.  De acordo com o Projeto de Lei, o Poder Executivo, através da Secretaria Municipal de Saúde,será o responsável pelo recebimento e pela concessão gratuita de uso dos materiais disponíveis às pessoas que deles necessitarem.Após o uso, o beneficiado,deverá devolver o material  nas mesmas condições em que recebeu.Para viabilizar  o funcionamento do Banco de Materiais Ortopédicos ,o Poder Executivo estimulará campanhas de voluntariados com as secretarias municipais,entidades de classe, associações comunitárias , organizações governamentais e não governamentais, incentivando doações por parte de pessoas físicas e jurídicas.

O vereador “Pery” justifica o Projeto de Lei nº 013/2018 com o argumento de que a matéria objetiva atender a população carente, proporcionando-lhe o uso do material ortopédico. “Sabemos que inúmeras pessoas que necessitam de materiais ortopédicos, ou próteses, não possuem condições financeiras para adquiri-los, enquanto outras que deles fizeram uso pensam em doá-los.Por isso ,propomos que a administração municipal receba as doações e faça a sua devida distribuição”. O autor do projeto explica que a proposta garante o direito da cidadania às pessoas com necessidade especiais, sem custo algum aos cofres do município e que certamente terá grande alcance social”.  (José Américo castro/ASCOM- Câmara de Ipiaú).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *