“Fora do governo”, Meirelles volta a fazer lobby por reforma da Previdência durante cerimônia em Salvador

Por: Reprodução

Henrique Meirelles deixou oficialmente o Ministério da Fazenda nesta sexta-feira (6) para pavimentar seu nome como presidenciável do MDB. No mesmo dia desembarcou em Salvador para a cerimônia pelos 70 anos da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) e lá defendeu mais uma vez a reforma da Previdência.

Meirelles dava explicações a empresários e representantes do setor da indústria sobre a dificuldade em reduzir a carga tributária quando invocou a matéria polêmica. Ele argumentou que o custo do governo com a Previdência, que hoje é de 57%, subiria em 10 anos para 80% caso a legislação não seja alterada.

Na Grécia, segundo ele, o período mais intenso de crise econômica fez o governo chegou a cortar benefícios de pessoas que já estavam aposentadas. 

“A situação no Brasil hoje é diferente, nós temos condições de resolver esse problema a tempo e a hora. É mais um exemplo daquilo que está se fazendo de forma corajosa, enfrentando um problema e evitando uma piora dessa situação no futuro. E criando condições, com a queda nas despesas, se posa no futuro, aí sim, diminuir a carga tributária e racionar de forma muito eficaz toda estrutura de tributação no Brasil”.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *