Daily Archives: 30 de abril de 2018

José Ronaldo participa de comemoração do aniversário da Jequié FM

José Ronaldo em sua primeira aparição pública em Jequié ao som do trio elétrico e ao lado de deputados de oposição

A convite do deputado estadual Leur Lomanto, que recentemente trocou o MDB pelo DEM, o pré-candidato democrata ao governador da Bahia José Ronaldo fez a sua primeira aparição pública em Jequié, após a desistência do prefeito ACM Neto, de ser o pré-candidato de oposição, na noite de sábado (28), ao som de trio elétrico, na festa comemorativa dos oito anos da rádio  Jequié FM 89,7. O deputado estadual Sandro Régis e outros políticos e simpatizantes do grupo que faz oposição ao governo Rui Costa (PT), estiveram participando do momento político da festa. José Ronaldo que estará sendo entrevistado em rede às 7h desta segunda-feira (30), pelo Sistema Pazzi de Comunicação, com geração da Radio Povo de Feira de Santana, repetiu em Jequié, que sua campanha estará focada no descontentamento do povo com o atual governo e pretende levar a sua mensagem a todos os municípios baianos para vencer as eleições no primeiro turno.

Maia pode convocar ainda hoje suplente de deputado preso

Brasília – O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, fala da necessidade de aprovar o projeto de recuperação fiscal dos estados (Wilson Dias/Agência Brasil)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (30), em entrevista à Rádio Bandeirantes, que ainda nesta segunda-feira deve convocar o suplente do deputado Celso Jacob (MDB-RJ). Jacob está preso desde junho do ano passado no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, depois de ter sido condenado em 2006 por falsificação de documento público e dispensa irregular de licitação quando o peemedebista era prefeito de Três Rios (RJ). O suplente a ser convocado é José Augusto Nalin (DEM-RJ).

De acordo com a Constituição Federal, o suplente de deputado ou senador pode ser convocado, no prazo de 48 horas em caso de vacância e se o titular tomar posse no cargo de ministro de Estado, governador, secretário, prefeito ou chefe de missão diplomática. Outra possibilidade de convocação é o licenciamento do titular por motivo de doença ou interesse particular, desde que não ultrapasse o prazo de 120 dias.

ONU em Mianmar: esperança para os Rohingya?

Rohingyas (Hannah McKay/Reuters)

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas  (ONU) está em visita a Bangladesh e Mianmar para tratar da questão dos Rohingyas, uma minoria muçulmana perseguida em Mianmar pelas forças armadas e que já são mais de 700.000 refugiados em Bangladesh. Nesta segunda-feira, membros do conselho se reúnem com o primeiro ministro de Bangladesh, Sheikh Hasina, na capital Daca, antes de irem à capital de Mianmar, Naypyidaw, onde se encontram com a líder do país, Aung San Suu Kyi, além de outros membros do governo e das forças militares.

Durante o final de semana, refugiados Rohingya fizeram apelos aos membros do conselho, no campo de Kutup Along, em Bangladesh, para que os ajudem a retornar a seus lares em Mianmar. Eles também pediram por justiça por sua perseguição, que inclui execuções, estupros e incêndios a vilarejos. Segundo o exército de Mianmar, os ataques são uma reação a insurgentes Rohingya. Os oficiais da ONU devem expressar, em reuniões com os líderes locais, preocupação com a temporada de chuva de monções que se aproxima da região — algo que deve piorar ainda mais a crise humanitária dos Rohingya. Os refugiados também entregaram uma lista de demandas, que incluem a restituição de suas terras e o reconhecimento dos Rohingya como cidadãos de Mianmar.

Na terça-feira, os membros do Conselho irão ao estado de Rakhine, onde viviam originalmente os refugiados, para saber quais são as condições locais e se há possibilidade de retorno. Até então, a ONU não havia recebido permissão oficial para ir a Rakhine, o que fragilizou as relações da organização com Mianmar e Suu Kyi, que já recebeu o Prêmio Nobel da Paz, por sua luta pela democracia na região. Apesar disso, antes da chegada de agentes da ONU, membros do gabinete de Suu Kyi enfatizaram publicamente que o governo quer “um novo relacionamento” com a organização. As conversas desta semana vão mostrar até onde vai essa vontade.
https://exame.abril.com.b

Prefeitura de Ipiaú e a TransLoc, Informa a população!

Prefeitura de Ipiaú, TransLoc e Você deixando a Cidade mais limpa e mais bonita

A TransLoc em parceria com a Prefeitura Municipal de Ipiaú vem informar a população que nesta Terça Feira – (01/05/2018), feriado do dia do trabalhador não haverá Operação de Limpeza. (Varrição e Coleta de Lixo Domiciliar). Voltando a operação normal na quarta feira dia 02/05/2018. A TransLoc desde já agradece a compreensão de todos.

Produtores rurais têm até hoje para aderir ao parcelamento de dívidas

Foto: Divulgação

O prazo de adesão ao Programa de Regularização Tributária Rural (PRR) termina nesta segunda-feira (30). A adesão ao programa deverá ser feita na unidade de atendimento da Receita Federal do domicílio tributário do devedor, sem a obrigatoriedade de agendamento do serviço, informou o órgão.

Segundo a Receita, a primeira prestação tem que ser paga ainda hoje para que o pedido de adesão ao parcelamento seja aceito.

O contribuinte que já aderiu ou que aderir ao programa, além da redução de 100% dos juros, já prevista, terá também reduções de 100% sobre as multas de mora e de ofício.

No caso de pessoa jurídica, poderá utilizar créditos de Prejuízos Fiscais ou de Bases de Cálculo Negativas da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) para quitação de parte da dívida.

Esses benefícios não se aplicam aos 2,5% da dívida correspondentes à entrada, lembrou a Receita.

PRR

O Programa de Regularização Tributária foi instituído pela Lei nº 13.606, de 9 de janeiro de 2018, e permite que as dívidas dos produtores rurais com a Fazenda Nacional, vencidas até 30 de agosto de 2017, sejam renegociadas em condições especiais, ou seja, mediante o pagamento, sem reduções, de 2,5% da dívida consolidada, em duas parcelas, vencíveis em abril e maio de 2018, e o restante da dívida com redução de 100% dos juros de mora e das multas de mora, observado o seguinte:

1 – se o optante for produtor rural, pessoa física ou jurídica, o restante da dívida será parcelado em 176 meses, e o valor da parcela corresponderá a 0,8% da média mensal da receita bruta proveniente da comercialização da produção rural do ano imediatamente anterior ao do vencimento da parcela. A prestação mínima é de R$ 100;

2 – se o optante for adquirente de produção rural de pessoa física ou cooperativa, o restante da dívida será parcelado em 176 meses, e o valor da parcela corresponderá a 0,3% da média mensal da receita bruta proveniente da comercialização do ano imediatamente anterior ao do vencimento da parcela. A prestação mínima é de R$ 1.000.
Por Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil Brasília

Ubatã: Vereador é confundido com policial e tem arma apontada para cabeça em assalto

Assalto ocorreu no Mercado do Valquírio (Foto: Ubatã Notícias)

Dois bandidos armados assaltaram, na manhã deste domingo (29), o Mercado do Valquírio, localizado na Avenida Marinalva e em seguida roubaram um veículo Pálio. Segundo informações de testemunhas, os bandidos chegaram ao estabelecimento a bordo de uma motocicleta, em seguida entraram no estabelecimento e anunciaram o assalto. Funcionários e clientes foram feitos de reféns. Os bandidos, que não usavam máscaras e rendiam todos os clientes que chegavam ao Mercado, levaram pelo menos 20 pessoas para o porão e roubaram dinheiro e celulares. Um vereador teve a ‘Carteira Legislativa’ confundida com o distintivo da Polícia, teve uma arma colocada na cabeça e quase foi morto pelos bandidos. 

Motocicleta utilizada no assalto deste domingo (Foto: Ubatã Notícias)

Após promover o ‘raspa’ nos clientes e nos caixas do Mercado, os bandidos abandonaram a motocicleta e roubaram um Pálio que passava pelo local. Os assaltantes teriam seguido em direção ao Churrascão. Guarnições da Polícia Militar e da Cipe Cacaueira foram acionadas e realizam diligências para tentar prender os criminosos. Segundo testemunhas, um dos bandidos era de cor clara, alto, forte; já o outro era negro, magro e usava boné no momento do crime.  Há cerca de 50 dias o Mercado Vaz foi assalto também numa manhã de domingo. A Polícia Civil investigará se os assaltos têm alguma relação. (Ubatã Notícias)

Planalto alega que votações no Congresso levaram Temer a cancelar viagem à Ásia

Temer ficaria na Ásia, entre os dias 5 e 14 de maio
(foto: José Cruz/Agencia Brasil/Divulgacao )

O presidente Michel Temer decidiu cancelar a viagem que faria para a Ásia, entre os dias 5 e 14 de maio. O motivo oficial é o longo tempo que ele permaneceria fora do País e as consequências que isso traria para projetos importantes que o governo precisa aprovar na próxima sessão do Congresso, marcada para o dia 2.

Caso Temer deixasse o País, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), também teriam que sair do Brasil para não ficarem inelegíveis, já que ambos planejam disputar a eleição deste ano. E isso poderia afetar as negociações no Parlamento.
“Considerando o longo tempo de viagem, a importância de votações e de decisões a serem tomadas nos próximos dias e o fato de que o seu afastamento traria a necessidade de que também se afastassem do país os presidentes da Câmara e do Senado Federal, por serem candidatos na próxima eleição, o presidente Temer decidiu não mais realizar a viagem que faria a partir do dia 05/05 ao Sudeste Asiático”, informou o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, à reportagem.

A principal preocupação do Palácio do Planalto seria, segundo interlocutores, a apreciação de um projeto de lei que abre crédito suplementar no valor de R$ 1,164 bilhão para reforço da lei orçamentária. Os recursos extras têm a função de cobrir dívidas não honradas pela Venezuela e Moçambique em empréstimos pelo BNDES e bancos internacionais que têm como avalista o Fundo de Garantia à Exportação (FGE), vinculado ao Ministério da Fazenda.

O presidente já havia encurtado o roteiro de seus compromissos no Sudeste Asiático na semana passada, mas acabou voltando atrás mais uma vez e optou por cancelar toda a viagem – em janeiro, o presidente também desistiu de compromissos na mesma região por recomendação médica.

Ainda assim, os assuntos políticos não seriam o único tormento a afetar o presidente da República. Uma das filhas de Temer, Maristela Temer, foi intimada a depor no próximo dia 2, em razão de investigação da Polícia Federal que sugere que o presidente tenha ocultado bens “lavando” dinheiro de propina por meio de reformas em imóveis de parentes e transações imobiliárias em nome de terceiros.
www.em.com.br