Brasil vence a Rússia no palco da final da Copa do Mundo

© REUTERS/Sergei Karpukhin

O Brasil foi a campo sem Neymar no primeiro amistoso preparativo para a Copa do Mundo. Com muitos testes e novidades no banco e no gramado, o time de Tite enfrentou a seleção russa, dona da casa no Mundial, no estádio que sediará a final.

No primeiro tempo, quase um gol e um susto. Logo no início, aos quatro minutos, Gabriel Jesus errou na cara do goleiro, após lançamento de Daniel Alves. Pouco depois, aos 11′, Jesus, que voltou de lesão há um mês, levou um pisão no pé e ficou caído, mas logo em seguida voltou para o jogo.

Após um período morno, Miranchuk chegou com muito perigo. Smolov deixou o atacante na cara do gol, mas a bola foi por cima.

Com poucas chances para cada lado, o juiz encerrou a primeira etapa aos 46′.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo começou agitado. O Brasil voltou com mais fôlego e, em jogada de Douglas Costa para William, o meia do Chelsea deixou Paulinho de frenta para o gol, mas Akinfeev defendeu com os pés. Mas no lance seguinte, Miranda aproveitou o rebote de um cabeceio de Thiago Silva e furou a defesa russa: 1 a 0 para o Brasil.

O Brasil seguiu continuou pressionando. Paulinho errou mais uma vez quase dentro do gol após jogada bonita de Philippe Coutinho. Aos 16′, mais uma vez Paulinho. Com a bola, dentro da grande área, o zagueiro Golovin puxou o brasileiro pelo braço e o juiz marcou pânalti. Coutinho não desperdiçou: 2 a 0 para o Brasil.

E aos 20′, finalmente a hora dele chegou. Depois de muito tentar, sofrer pênalti e errar gols cara a cara, Paulinho, de cabeça, completou pras redes o cruzamento de William: 3 a 0.

O técnico Tite aproveitou a segunda etapa para mexer no time. A primeira alteração foi a troca de Jesus por Roberto Firmino. Os dois são destaques do Campeonato Inglês por seus times, Manchester City e Liverpool, respectivamente. Aos 25′, Paulinho saiu para entrada de Renato Augusto.

Aos 31′ a Rússia chegou com perigo novamente. Após Dzagoev tentar mandar por cima de Alisson, Thiago Silva desviou para a trave e a zaga brasileira afastou. Logo depois, Fred e Taison entraram para saídas de Philippe Coutinho e William.

Tite ainda teve tempo de testar o novato Geromel, do Grêmio, que entrou no lugar de Miranda. Mas daí pra frente o time teve teve pouco tempo para tentar algo mais ousado e terminou assim: 3 a 0.

Na próxima terça a seleção tem pela frente a atual campeã mundial, a Alemanha. O jogo será em Berlim, 15h45 (hora de Brasília).
(Por-Noticias ao minuto)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *